Labels

sábado, 24 de março de 2012

Até que enfim estão me chamando de filho do Belzebú...


“Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto, sede prudentes como as serpentes e inofensivos como as pombas. Acautelai-vos, porém, dos homens; porque eles vos entregarão aos sinédrios, e vos açoitarão nas suas sinagogas; E sereis até conduzidos à presença dos governadores, e dos reis, por causa de mim, para lhes servir de testemunho a eles, e aos gentios. Mas, quando vos entregarem, não vos dê cuidado como, ou o que haveis de falar, porque naquela mesma hora vos será ministrado o que haveis de dizer. Porque não sois vós quem falará, mas o Espírito de vosso Pai é que fala em vós. E o irmão entregará à morte o irmão, e o pai o filho; e os filhos se levantarão contra os pais, e os matarão. E odiados de todos sereis por causa do meu nome; mas aquele que perseverar até ao fim será salvo. Quando pois vos perseguirem nesta cidade, fugi para outra; porque em verdade vos digo que não acabareis de percorrer as cidades de Israel sem que venha o Filho do homem. Não é o discípulo mais do que o mestre, nem o servo mais do que o seu senhor. Basta ao discípulo ser como seu mestre, e ao servo como seu senhor. Se chamaram Belzebu ao pai de família, quanto mais aos seus domésticos?” – Mateus 10:16-25

Ultimamente tenho sido bombardeado em meu blog. Tudo isso pelo fato de um jovem de Garanhuns - poucos dias atrás - ter lido um texto meu bem antigo, o “Ninguém me moleste, pois eu trago em mim as marcas de Cristo”, ter gostado do conteúdo e ter dito:

“Cara, parabéns, em cima desde texto, hoje Deus realizará prodígios na vida de vários Jovens em Garanhuns”

Quando li este comentário, confesso que chorei muito de alegria e glorifiquei à Deus pelo fato d’Ele pegar este monte de lixo em processo de reciclagem chamado João Carlos e fazer dele – assim como um relógio parado – “certo ao menos duas vezes ao dia”. Pensei comigo que valia a pena ser uma pessoa transparente, humana (ainda que falha), mas sinceramente motivado em fazer a coisa certa, pelos caminhos certos, ainda que eu seja um pecador de merda, um dos piores.

Minha motivação é fazer o melhor sempre, o que não signifique que eu o consiga. Nunca tive a intenção de prejudicar “A” ou “B”, nunca maquinei o mal conscientemente desde que conheci o Senhor de minha vida. Todas as vezes que errei, errei por ser humano e pecador. Nunca quis que fulano ou beltrano se estrepasse, quebrasse a cara, se desse mal.

Entretanto, as sarrafadas que estou levando apenas me fizeram lembrar do texto acima, no Evangelho de Mateus. Os comentários são todos aparentemente da mesma pessoa, ou de um grupo muito próximo e ligado ao que aconteceu em Garanhuns.

Claramente, a intenção de quem está por trás disso é desacreditar o jovem que utilizou o texto acima citado e provar por “A + B” que o “pastor João” é um herege, um lixo de vida que se acha cristão.

Invocaram com minhas tatuagens, encanaram com uma analogia que fiz entre os tele-evangelistas que hoje estão saindo no tapa na disputa pelo couro das ovelhas e o perverso sistema de castas hindu (nem leram o texto, se arrepiaram só de ver que ilustrei o texto com os falsos deuses hindus...), falaram que eu sou escuridão e que o capeta está me usando, etc, e tal. Melhor colar aqui (fazendo a correção em pontuação) do que tentar parafrasear:

Entendi o invisível. Quando Deus olha para o mundo vê muitas luzes brilhando e você João, está invisível para Deus porque não tem brilho, você é escuridão, é descrença, planta desilusão e colhe derrota. Está nas trevas e por isso é invisível, mas satanás te vê e te usa para brincar com a palavra de Deus e você pagará por isso e vai colher o maldição para sua vida e para sua família. Mas Deus ainda assim quer ver você (uffaaa!!!), quer ser seu Pai, quer te chamar de filho. Amar a Deus é somente para aqueles que foram tocados por seu olhar. Jesus pode te salvar de você mesmo, quando sentir perdido e nada mais lhe restar grite por Jesus e será visível para Deus. Que a paz, a graça e a misericórdia de Deus o encontre.”

O problema é que esta é uma situação paradoxal. Ninguém gosta de ser esculachado, por outro lado, não tem como servir a Cristo em espírito e verdade E NÃO SER! Nossa carne quer "aplauso", nosso espírito quer tomar sua cruz dia após dia e seguir a Jesus. Caramba, jogaram “praga gospel” até sobre minha família e depois disfarçaram, profetizando que eu vou me sentir perdido e neste dia eu poderei gritar por Jesus para me tornar “visível para Deus”!

Gostaria de entender este deus (“dê” minúsculo, pois não é o das Escrituras) que não consegue ver um pecador. Só pode ser o deus da religião, o deus impotente da religião que salva apenas os certinhos e não os sinceramente arrependidos por seus pecados. Tem a “ousadia de tirar a chave dos Céus das mãos de Pedrão” e ficar dizendo quem é salvo e quem não é.

Não entendem analogias simples, comparações do quotidiano e das realidades individuais com o Espírito das Escrituras, assim como fez Paulo no Areópago, para trazê-los à verdade pura e simples do caminhar com Cristo.

Quanto a mim, continuo no Caminho, sendo chamado de Belzebu, pois Aquele que deu sua vida por mim no Calvário e ressuscitou em carne no terceiro dia disse que desta forma seria...

Reações:

7 comentários:

  1. João,

    Você sabe que essa tática que esses tais usam é antiga. Típica de inflexível religioso que quer calar a boca do outro com ameaças. Afinal, uma ovelha acéfala dá menos trabalho ao pastor reacionário. Eles pregam uma paz de araque onde o silêncio exigido simboliza a submissão aos seus desmandos em nome de Deus.

    Lembra quando, há alguns meses, só porque eu passei a me pronunciar de forma contundente no blog do Hélio Marques (Doutrina Cristã), os fanáticos de plantão também começaram a me adjetivar de tudo quanto era nome? O mais 'cut cut' de todos foi Jezabel, personagem bíblico que caiu na cultura popular como símbolo sedutor e sem escrúpulos.

    Acho que você se lembra quando, a princípio, eu 'quis ficar' indignada e você disse pra eu relaxar, não valorizar e tal... Só que minha indignação não era com as adjetivações em si, pois o cara nem me conhecia, apenas se aproveitava para explorar a virtualidade e soltar seu veneno distorcendo as coisas; minha indignação era pela covardia de um anônimo. Pois, para mim, sem escrúpulos é exatamente quem assim age. Só que ele calou-se, pois nem pessoalmente nada disso me intimida, quanto mais virtualmente. Pessoalmente, eu o processaria por calúnia; e, virtualmente, também. Afinal, há meios de se encontrar gente desse naipe que se esconde por trás de uma tela de computador. Porém, como ele não seguiu adiante, optei por não dar importância. E, ao contrário do que ele imaginava, 'me inspirei' nele nos textos e comentários posteriores.

    Os pretensiosos que se acham imaculados em um patamar superior de espiritualidade, quando lançam mão de suas acusações, só conseguem mesmo se expor ao ridículo diante dos que têm alguma sabedoria; e, diante de Deus, pobres miseráveis, se equiparam aos 'mui amigos' de Jó que, enquanto estufavam o peito se achando advogados de Deus, Ele deixou bastante claro que não ouviria suas preces, devido à sua arrogância espiritual. Para que não recebessem tratamento da parte Dele segundo as sandices que falavam. E veja como Deus é infinitamente misericordioso, até com estes que falam maluquices em Seu Nome finalizando com O clássico e MECÂNICO jargão evangélico: "Que a paz, a graça e a misericórdia de Deus o encontre.”

    É por essas e outras que, sempre que me deparo com esses pretensiosos julgadores com suas justicinhas limitadinhas ao seu universo humano, eu opto por outro jargão, preferindo fazer coro quando ouço que 'HAVERÁ MUITAS SURPRESAS NO CÉU'.

    Enfim, se você sofre por causa disso, é um bem-aventurado. "Porque sobre vós repousa o Espírito da glória e de Deus".

    Lembre-se do fragmento de 'Minha Alma' do RAPPA:

    Paz sem voz não é paz. É medo.

    Em Cristo, que morreu pra tirar nosso pecado, não a nossa inteligência,

    Rê.

    ResponderExcluir
  2. Jota

    Acabei de colocar o comentário no meu blog como postagem.

    Deus te abençoe!

    R.

    ResponderExcluir
  3. É, João,

    Esse comentarista é mais um daqueles que, se não se voltar a Jesus em espírito e em verdade, vai ouvir um sonoro "Aparte-se de Mim, porque nunca o conheci", quando disser que fez um monte de coisas em Seu nome...

    Você é homem de Deus e isto basta pra que a Sua Paz encha a sua vida, mesmo em momentos desagradáveis (em parte) como esse.

    Forte abraço e continue nessa Paz!

    ResponderExcluir
  4. É bispa, seu cometário é um belo post!!!

    Eu na verdade não fiquei chateado com o que ocorreu. Ao meu redor estão acontecendo coisas que precisam muito mais da minha energia do que isso.

    Só postei este texto pelo fato de ter ficado notório a mim que alguma coisa muito boa aconteceu em Garanhuns, e o sinédrio se levantou, pois meu blog ultimamente não tem sido muito visitado e - imediatamente ao suposto dia que o jovem disse que citaria o texto - começaram a comentar novamente, usando expressões parecidas, linhas de raciocínio parecidas...

    Well, bora trabalhar então!

    Beijos

    JC
    Anyway,

    ResponderExcluir
  5. Pois é René! Que a oração dele seja feita por nós por ele né?

    "Que a paz, a graça e a misericórdia de Deus o encontre.”

    Abração!!!

    JC

    ResponderExcluir
  6. Caramba, gente...
    Eu fico realmente espantado em ver quanta gente desocupada existe nesse mundo afora... que faz questão em ser chata (pra não dizer outras coisas) e que tem o maior prazer em se meter na vida dos outros, como se não tivessem eles mesmos pecados.

    Infelizmente essa situação só vem provar que a humanidade está afundada na religiosidade. Alguém que simplesmente desfere palavras como golpes contra a vida doutra pessoa, apenas por julgar que essa pessoa difere dele em algum sentido só comprova a irracionalidade da religião.

    Não há diferença alguma daquele que explode um carro-bomba, levando vidas a morte. E não estou falando no sentido figurado; é exatamente assim que Deus vê alguém que mata um de Seus projetos, ou fere um de Seus filhos...

    Eu sinceramente estou de saco transbordante desse legalismo idiota, cego, irracional que os denominacionalistas chama de 'igreja'...

    Certamente as palavras deles ferem mais o Evangelho que quaisquer atitudes 'anti-convencionais' que você possa realizar, João...

    Mas... como falar, falar, falar pra essa galera num adianta, né? Eles ouviram a vida inteira e não aprenderam... Então....
    Como é mesmo que você fala? Tomar Johnnie Walker com Actívia, né???
    É isso... Foi mal o desabafo (velho, inclusive..)

    ResponderExcluir
  7. Pois é Wendel, tem coisa que continua atual, rsrs...

    Ah, este findi tomei Ballantines, só não trisquei no Activia da Cilene pois não preciso disso para botar pra fora o que estes vermes fazem pela boca...

    ResponderExcluir

Anônimo, eu não sei quem é você, mas o Senhor te conhece muito bem. Sendo assim, pense duas vezes antes de utilizar este espaço LIVRE (poderia bloquear comentários de anônimos mas não o faço por convicção pessoal e direção espiritual) antes de ofender quem quer que seja. Estou aberto para discutimos idéias sem agredir NINGUÉM ok? - Na dúvida, leia mil vezes Romanos 14, até ficar encharcado com a Verdade sobre este assunto...