Labels

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Mantenha seus amigos por perto, e seus inimigos mais perto ainda...

Sméagol era um hobbit como outro qualquer. Baixinho, gordinho, pés peludos. Pouco ou nada se sabe sobre sua vida até o dia que foi pescar com seu primo Déagol e este caiu na água. Neste acaso ele encontrou o Um Anel que Isildur deixara cair ali, muitos anos antes, após tê-lo capturado ao cortar o dedo de Sauron, seu criador. Como era seu aniversário, Sméagol desejou tanto o Anel encontrado por Déagol a ponto de matá-lo. Expulso da família, ele fugiu para o norte e se refugiou nas Montanhas Sombrias.

Em contato com o Um Anel, Sméagol potencializou o mal que havia dentro dele, passando a ter dupla personalidade. Dentro dele, outro ser tomou forma, passando a duelar constantemente em sua mente e emoções entre o bem e o mal. O contato com o anel também prolongou sua vida por vários séculos.

Um dia Bilbo Bolseiro, um tranquilo hobbit do Condado que estava em uma missão juntamente com 13 anões, encontrou o Anel por acaso. Ao colocá-lo em seu dedo descobriu que ficava invisível. Fugiu com o Anel, cumpriu sua missão e voltou ao Condado com tesouros conquistados numa caverna distante, guardado por Smágol, um grande e terrível dragão que fora morto por uma flecha certeira disparada por um guerreiro no único ponto vulnerável de suas escamas.

Gollum passou então a procurar freneticamente o Um Anel, pois todo aquele que tivera contato com o mesmo ficava irresistivelmente ligado ao seu poder. Vários anos depois Gandalf, o mago, convence Bilbo a entregar o Anel ao seu sobrinho Frodo para que este fosse destruído no fogo da Montanha da Perdição, em Mordor, onde fora forjado.

Aqui paro de falar sobre toda a história, que possivelmente pode ter algum erro ou engano de minha parte, pois o que escrevi acima é o que me lembro das vezes que assisti a trilogia e li recentemente nos livros de Tolkien.

Quero focar o poder que o Anel exercia sobre Sméagol e Gollum, sua outra personalidade, bem como sobre Bilbo, que o carregou por várias décadas, sobre Frodo, com sua missão de destruí-lo e sobre todos os que se aproximavam ou sabiam de sua existência e poder. Como está escrito no livro, “Um Anel para todos dominar, Um Anel para os encontrar, Um Anel para a todos prender e nas trevas reter na Terra de Mordor onde moram as Sombras”.

Este poder que controla todos os poderes deformou todos aqueles que tiveram contato com ele. Gollum foi o que mais sofreu, pois se tornou um monstrengo horrendo, irreparavelmente dominado pelo poder do Um.

Frodo e seu fiel amigo Sam tiveram que conviver até o fim da missão com Gollum, mantendo-o sob controle através de um juramento, mesmo sabendo que este queria matá-los para se apossar novamente de seu “precioso”, pois assim chamava o Anel de poder.

Mantinham-no sempre à vista. Deixavam-no sair apenas por breves momentos, para que este procurasse comida. Ele não comia a comida dos Elfos que os dois traziam, as “lembas”, bolos que foram presenteados para comer durante a viagem e se conservavam por muito tempo e eram suficientes para uma leve refeição. Gollum não tocava em nada feito pelos Elfos. Sentia horror pelo Sol (ele o chamava de Cara Amarela) e pela Lua (Cara Branca). Tudo ligado a luz era rejeitado por Gollum.

Conviver com aquele que você notoriamente sabe que te deseja o mal é dificílimo, muitas vezes é insuportável. Mas muitas vezes temos que fazê-lo, em todas as áreas de nossa vida. É aí que a virtude se destaca e cria força sobre aqueles que nos toleram por não serem fortes o suficiente para nos destruir. Mas isso nos dá ânsia, náuseas.

Como diz o ditado: “Mantenha seus amigos por perto, e seus inimigos mais perto ainda...”

Reações:

3 comentários:

  1. Olha eu nn entendi nd

    ResponderExcluir
  2. Anônimo, de forma resumida, te entendo perfeitamente...

    ResponderExcluir
  3. ELE fez uma analogia, e com a história de senhor dos anéis, ele explicou esse ditado. Conseguir entender, ótimo trabalho.

    ResponderExcluir

Anônimo, eu não sei quem é você, mas o Senhor te conhece muito bem. Sendo assim, pense duas vezes antes de utilizar este espaço LIVRE (poderia bloquear comentários de anônimos mas não o faço por convicção pessoal e direção espiritual) antes de ofender quem quer que seja. Estou aberto para discutimos idéias sem agredir NINGUÉM ok? - Na dúvida, leia mil vezes Romanos 14, até ficar encharcado com a Verdade sobre este assunto...