Labels

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

No Caminho...


“Respondeu Jesus: Digo-lhe a verdade: Ninguém pode entrar no Reino de Deus, se não nascer da água e do Espírito. O que nasce da carne é carne, mas o que nasce do Espírito é espírito. Não se surpreenda pelo fato de eu ter dito: É necessário que vocês nasçam de novo. O vento sopra onde quer. Você o escuta, mas não pode dizer de onde vem nem para onde vai. Assim acontece com todos os nascidos do Espírito". – João 3:5-8

Os últimos dias têm sido dias de profunda apreensão para mim. Estou mais uma vez atravessando aqueles momentos em que não temos controle algum sobre as circunstâncias que nos cercam. Muitas coisas estão acontecendo e não consigo nem ao menos ter um vislumbre da situação como um todo. Vejo um recorte aqui, outro fragmento ali, noto que todos eles fazem parte de uma grande tapeçaria sendo bordada à mão pelo grande Tapeceiro mas, como Ele costuma agir, não nos permite ver além do necessário.

São momentos de mudanças profundas em minha vida. Sei que a minha frente algo novo me espera mas, assim como foi no meu divórcio e em minha vinda ao Rio de Janeiro, nada do que está acontecendo terá algum tipo de interferência de minha parte no que tange à direção que sinto o vento soprar. É algo ao mesmo tempo tão intenso e sutil, é uma voz que ouço e que me recuso a não obedecê-la, simplesmente por ser a Voz dAquele a quem um dia entreguei cada milímetro de minha vida, cada segundo de minha existência.

Ele, novamente, decidiu que preciso respirar novos ares. Ele está no controle, pois Ele habita em mim de uma forma absolutamente irreversível. Ontem, eu e Ele conversamos bastante sentados na Pedra da Macumba (ô nomezinho infeliz, ao mesmo tempo que ô, lugarzinho maravilhoso pra se estar, cercado de ondas bravias e natureza intensa). Eu chorava, me submetendo à Sua vontade, ao mesmo tempo que cogitava a possibilidade de não fazer Sua vontade, da mesma forma que Jesus pediu ao Pai que afastasse d’Ele o cálice que estava prestes a sorver em prol da humanidade.

Ele, graciosa e pacientemente, me ouvia através de minhas palavras não faladas, apenas soluçadas entre minhas lágrimas silenciosas. Queria saber se um dia descansaria, se um dia fincaria raízes em algum lugar e apenas levaria uma vida considerada normal, nos padrões do sonho americano. De forma claramente não falada Ele me disse que eu poderia apenas não aceitar o que estava por vir. Ao me dar a opção, porém, notei que na verdade eu não queria fazer o que gostaria de fazer, mas sim o que deveria fazer. Deus é um expert em nos deixar decidir pelo o que Ele tem de melhor.

Minha decisão veio baseada nas palavras de Jesus dada a um mestre da lei, e já bem conhecida minha:

“Então, um mestre da lei aproximou-se e disse: Mestre, eu te seguirei por onde quer que fores. Jesus respondeu: "As raposas têm suas tocas e as aves do céu têm seus ninhos, mas o Filho do homem não tem onde repousar a cabeça". – Mateus 8:19-20

Um dia eu dei a Ele as chaves de meu coração. Um dia eu entreguei tudo em Suas mãos, e foi sincera e convictamente. Entre lágrimas, decidi avançar. Ele sorriu para mim, confirmando não para Ele – que tudo sabe desde a Eternidade – mas para mim, de que eu decidiria estar sempre no centro de Sua vontade.

Assim, continuo no Caminho...

P.S. O René tá ligado, acabou de colocar um comentário que define o que está acontecendo: "Os passos do homem são dirigidos pelo SENHOR; como, pois, poderá o homem entender o seu caminho?" (Pv 20.24)

Reações:

2 comentários:

  1. Melhor do que eu estar ligado é você estar ligado! E, graças a Deus, você está!

    Um dia você ouviu (ou leu), seguiu e, agora, está entendendo, na prática e de coração: "Entrega o teu caminho ao SENHOR, confia nele, e o mais ele fará".

    Soli Deo Gloria, como diria o seu amigo de Sampa!

    ResponderExcluir
  2. Então, pastor.

    Coisas do Caminho...

    Normal rss

    Meu carinho, sempre,

    R.

    ResponderExcluir

Anônimo, eu não sei quem é você, mas o Senhor te conhece muito bem. Sendo assim, pense duas vezes antes de utilizar este espaço LIVRE (poderia bloquear comentários de anônimos mas não o faço por convicção pessoal e direção espiritual) antes de ofender quem quer que seja. Estou aberto para discutimos idéias sem agredir NINGUÉM ok? - Na dúvida, leia mil vezes Romanos 14, até ficar encharcado com a Verdade sobre este assunto...