Labels

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Vaidade das vaidades...


Estou lendo o livro de Eclesiastes. Li este livro diversas vezes, mas desta vez estou ficando deprimido. Quando você para pra pensar entende que realmente dispensamos boa parte de nossas vidas correndo atrás do vento, edificando casas, plantando vinhas, trabalhando duro para levar uma vida melhor mas, no final das contas, tudo isso é vão.

Vamos vivendo nossas vidinhas, nos alegrando um pouquinho aqui, tendo decepções e tristezas ali, juntando um dinheirinho acolá, perdendo um pouco ou tudo por algum imprevisto ou erro de cálculo, vendo o tempo passar, a barriga crescer, o cabelo cair, envelhecendo dia a dia, esperando as coisas acontecerem.

Vamos amando e sendo amados e, com o tempo, deixarão de nos amar. Faremos alguns bons amigos, perderemos muitos colegas, alguns até nos odiarão. Correremos feito loucos para acumular coisas inúteis e as conquistaremos. Encheremos nossas estantes com CD's, DVD's e revistas que não utilizaremos mais. Com o tempo elas se perdererão e começaremos com uma nova mania de novo.

Vamos nos alegrar muito com nosso time ganhando um campeonato e, no ano seguinte, veremos basicamente os mesmos jogadores levarem nosso amado time para a segunda-divisão. Vamos chorar, xingar e ser gozados pelas torcidas adversárias, enquanto os jogadores, técnicos e empresários do futebol continuarão ganhando rios de dinheiro... Fala sério!

Buscaremos a sabedoria, leremos muito e estudaremos muito (o que é bom), mas o destino do tolo é o mesmo do sábio, assim como o destino do homem é o mesmo do animal, que veio do pó e ao pó vai retornar.

Qual o sentido de tudo isso? Realmente Salomão tinha razão quando afirmou que o que vale a pena nesta vida é vivê-la plenamente, porquanto para o homem nada há melhor debaixo do sol do que comer, beber e alegrar-se; porque isso o acompanhará no seu trabalho nos dias da sua vida que Deus lhe dá debaixo do sol.

O sol vai nascer e vai se por, gerações passarão e outras virão, as águas correrão dos rios para o mar, e este nunca se encherá, trabalharemos e nos cansaremos, e nada do que fizermos será novo debaixo do sol.

É tudo muito vago, a existência muitas vezes não faz sentido. Vamos juntar um monte de coisas pra quem? Um dia nossos dentes vão cair, precisaremos de ajuda para andar, se vestir e comer. O fio de prata vai se romper, deixaremos o pouco que juntamos para outros usarem, e voltaremos sem nada para a sepultura. Do jeito que viemos ao mundo iremos voltar.

Vaidade das vaidades, diz o pregador. Tudo é vaidade...

Reações:

3 comentários:

  1. oi joaõ..
    adorei seu texto, realmente vc foi profundo e verdadeiro no que disse e na maravilhosa citação de Salomão...
    só discordo de uma coisa...rsr
    levaremos algo sim desta vida...as atitudes que tomamos, as consequências delas, as nossas ações boas ou más, a verdade de nosso coração, que será avaliada por Deus e julgada por ele no dia do juízo final, que nos dirá se realmente teremos direito a viver ao seu lado por toda a eternidade.então o que levaremos dessa vida será o conjunto de nossas ações e do amor que plantamos e demos aos outros, nosso amor incondicional a Deus e aquilo que realmente realizamos com o ensinamento de sua palavras.
    E o que realmente vale nesta vidinha mundana e egoista é saber viver da melhor maneira possivél, e ser verdadeiramente feliz dentro de nosso coração, com a aceitação das limitações de nossa condição humana.
    o resto é mundano e vira fumaça!!!
    gde beiju no coração e na familia.
    AH! tomei a liberdade de indicar um blog de um "irmão em Cristo" pra vc, achei muito bonito e pensei que vc poderia gostar, no mais desculpas pelo atrevimento..
    valéria.(uivodaloba)

    ResponderExcluir
  2. Olá Valéria,

    Na verdade eu sei que realmente levaremos muito desta vida. A 'crise existencial' que disse estar atravaessando é gerada pelo fato de estarmos tão absortos em nossa correria atrás do 'vil metal' e tudo o que ele proporciona e ver que isso não tem valia nenhuma, pois retornaremos nús de onde viremos.

    Muito obrigado pela visita e já adicionei o blog que vc me indicou nos favoritos.... muito bom!

    ResponderExcluir
  3. João...
    legal que vc gostou do blog.
    realmente vc tem razão..."o essêncial é invisivél aos olhos'....
    obrigada por seu carinho sempre.
    Fique na Bencão.

    ResponderExcluir

Anônimo, eu não sei quem é você, mas o Senhor te conhece muito bem. Sendo assim, pense duas vezes antes de utilizar este espaço LIVRE (poderia bloquear comentários de anônimos mas não o faço por convicção pessoal e direção espiritual) antes de ofender quem quer que seja. Estou aberto para discutimos idéias sem agredir NINGUÉM ok? - Na dúvida, leia mil vezes Romanos 14, até ficar encharcado com a Verdade sobre este assunto...