Labels

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Você se considera um 'super crente'?

Aqui em minhas entranhas há algo que está me deixando com vontade de vomitar. Mais uma vez... Não foi nada que comi, mas sim algo que ouvi a duas semanas atrás em uma igreja evangélica aqui do Rio de Janeiro..

Um pastor que desde que o conheci tive muito respeito e admiração começou a ministrar a Palavra como de costume. Durante a mensagem porém, percebi que aquela mensagem não seria uma benção como os demais que tinha ouvido.

Ele começou fazer referências ao livro Super Crentes, do meu amado irmão em Cristo, pastor Paulo Romeiro. Conheço o pastor Paulo Romeiro desde 1995, quando ele ainda era presidente do ICP – Instituto Cristão de Pesquisas. Ele ‘cansou’ de ver minha cara quase todos os dias no ICP, onde eu ia buscar material para evangelizar as seitas e deformidades na igreja Cristã. Foi ele quem indicou a Igreja Betesda para mim, por ser amigo do Ricardo Gondim. Homem de Deus. Caso você não conheça entre no site do seu ministério: http://www.agirbrasil.org.br/

Voltando ao culto de dois domingos atrás, este pastor dizia de púlpito que ‘nós’ éramos super crentes e ainda ironizava: “Sei que vocês vão falar que existe um livro aí que fala sobre os super crentes. Saibam que eu fiz questão de ler o livro só para ler todos os autores que ele critica!” “Somos super crentes sim! Amém?” Boa parte do rebanho dizia amém, sem entender o que estava acontecendo ali.

Estava claro que a mensagem dele visava rebater o livro. E ele se enrolou todo ao fazer isso, pelo menos para quem tem um pouco de discernimento espiritual. Não precisava nem ter lido o livro, bastava ver as abobrinhas que ele estava falando. Entre outras coisas ditas naquela manhã, o que mais me indignou e fez disparar meu ‘detector de heresias’ foi quando ele disse que a morte física de Jesus Cristo não tinha sido suficiente para a expiação de nossos pecados, e que Jesus Cristo também tinha sofrido a morte espiritual no inferno. Seria possível o Espírito de Cristo ter morrido? A Trindade haveria se dissolvido por três dias? Deus teria recusado o Espírito de Jesus, quando ele disse suas últimas palavras em Lucas 23:46 “Pai, nas tuas mãos entrego meu Espírito” ???

Quis chorar. Quis vomitar. Perdi totalmente a comunhão e fiquei na ponta da cadeira, a ponto de querer ir embora do culto, mas mantive-me firme e continuei ouvindo até o fim.

Normalmente a presença de Deus era quase tangível durante as ministrações deste irmão, as palavras vinham cheias de unção, me deixando muitas vezes em crise pessoal, de tão duras e certeiras que elas eram em relação à minha vida e meus caminhos. Desta vez, via claramente a dificuldade que ele tinha em dar andamento a sua ministração. Palavras áridas, visando impor um ponto de vista diabólico, saindo da boca deste amado pastor.

Em respeito às outras mensagens entregues por ele não quis afrontar. Minha vontade foi de me levantar durante o culto e debater, mas me segurei. Ao final do culto quis conversar com ele, mas eu estava de sangue quente e poderia agir por impulso.

Ontem nem consegui ir à igreja, preferi assistir a Fórmula 1. Fiquei pensando em como agir. Por amor ao meu irmão, vou ter uma conversa com ele e checar se a confissão de fé da igreja confessa o que ele falou como regra de fé e prática. Se for isso, estou fora e vou divulgar os nomes. Se ele se empolgou e pisou na jaca, não terei cometido nenhum pecado contra a Igreja. Esclareceremos os fatos...

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Anônimo, eu não sei quem é você, mas o Senhor te conhece muito bem. Sendo assim, pense duas vezes antes de utilizar este espaço LIVRE (poderia bloquear comentários de anônimos mas não o faço por convicção pessoal e direção espiritual) antes de ofender quem quer que seja. Estou aberto para discutimos idéias sem agredir NINGUÉM ok? - Na dúvida, leia mil vezes Romanos 14, até ficar encharcado com a Verdade sobre este assunto...