Labels

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Tirem as garras da Amy...


"...Ao verem isso, os discípulos Tiago e João perguntaram: "Senhor, queres que façamos cair fogo do céu para destruí-los?" Mas Jesus, voltando-se, os repreendeu, dizendo: "Vocês não sabem de que espécie de espírito vocês são, pois o Filho do homem não veio para destruir a vida dos homens, mas para salvá-los"Lucas 9.54-55

Me segurei até hoje mas resolvi escrever. Quase todo mundo evangélico pode falar mal da Amy Winehouse e eu vou me omitir?

Os novos porteiros do céu roubaram a chave de São Pedrão e passaram a agir como juízes daqueles que pecaram os “pecadões” imperdoáveis, como o da já saudosa Amy com seu estilo de vida “sex, drugs, drugs, more drugs & rock’n’roll” (no caso dela era soul) e afirmam categoricamente que a pobrezinha está assando no inferno junto com outros da safra dos 27.

Comentam a morte por overdose da linda menina criada por Deus (como a Dri definiu maravilhosamente em seu blog) como um exemplo do que pode acontecer com aqueles que não andam nos trilhos.

Para mim, a questão em pauta não é sobre “foi pro céu ou foi pro inferno?”, mas sim a respeito do prazer que sentem em ver uma pessoa da expressão da Amy morrer para poder justificar suas teorias a respeito de um deus (com “dê” minúsculo) que ama e protege os bonzinhos e ceifa a vida dos malvados.

Que prazer diabólico é esse? Parece que vivem à espera do próximo líder à “cair em pecado”, da próxima catástrofe natural num país considerado pagão para terem orgasmos espirituais!

Eu não faço parte desta banda podre que se considera cristã. Isso não é reflexo do Evangelho da Graça que eu conheci e que vivo. Isso é uma tremenda relação de causa x efeito pior do que as que os espíritas pregam, em suas mais variadas formas.

Não existem Graça nem perdão de pecados, somente a fúria de um deus transtornado e impotente, um deus que nunca seria capaz de perdoar o ladrão na cruz por medo de perder sua “otoridade” e o controle da situação.

Este povinho me faz lembrar a patifaria de Cam, filho (da p#!a) de Noé:

“Cam, pai de Canaã, viu a nudez do pai e foi contar aos dois irmãos que estavam do lado de fora. Mas Sem e Jafé pegaram a capa, levantaram-na sobre os ombros e, andando de costas para não verem a nudez do pai, cobriram-no. Quando Noé acordou do efeito do vinho e descobriu o que seu filho caçula lhe havia feito, disse: "Maldito seja Canaã! Escravo de escravos será para os seus irmãos". – Genesis 9.22-25

Conseguem traçar o paralelo entre o prazer dos religiosos com a morte de gente como Amy Winehouse, Janis Joplin, Jimi Hendrix e outros da “safra dos 27” e a postura covarde de Cam em relação à bebedeira e a nudez de Noé? São poucos os que teriam a decência de Sem e Jafé de cobrirem a nudez do pai, ocultando o estado deplorável que dizem que ele ficou após a suposta relação sexual que Cam teve com o pai bêbado.

Para mim é a mesma coisa. Eles querem ver a bagaça, precisam de carniça para se alimentar, lenha para jogar na fogueira. O problema é que a medida usada com os outros também será usada em seu próprio julgamento.

Eu temo, tremo e só lamento, como dizem por estas bandas...

Reações:

4 comentários:

  1. Concordo plenamente com seu comentário a respeito do comportamento das pessoas na igreja de hoje. Parece que elas têm prazer em ver o outro cair e pensar "ainda bem que não sou eu", como se elas fosse meta-humanos, acima do bem e do mal. Não sabem que a qualquer momento podem estar em situação idêntica ou pior. Devemos olhar o próximo com compaixão e amá-lo, como amamos a nós mesmos. Se seu filho ou seu pai morresse no estado que Amy morreu, você teria prazer, pensando na possibilidade da eternidade dela? Certamente não. Então temos que parar de julgar uns aos outros; não somos Deus pra saber o destino de ninguém e mesmo que soubéssemos deveríamos amar e não atirar pedras e festejar a "vingança" (inexistente) de Deus.

    http://estereotipodaperfeicao.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Querido Odacyr,

    Primeiramente MUITO OBRIGADO por perder seu tempo em meu blog. Em seguida, por manifestar sua posição em relação a este texto, pois muitos ainda trilham estes caminhos obscuros (os quais cheguei a trilhar no início de minha coversão, 18 anos atrás...) à procura de "mártires ao contrário", aqueles pobre mortais que agem e pagam um preço aparentemente acima da conta por seus erros, o que fazem os FARISEUS terem orgasmos múltiplos.

    Eu não conheço a profundidade da GRAÇA Divina mas - na boa - seria um prazer enorme encontrar no CÉU gente como ela, Raul Seixas (dito desviado e que vivia uma crise existencial ENORME, basta ver as letras de suas músicas) ou outros "desqualificados espirituais".

    Quem vai saber o que ocorreu em seus instantes finais de vida?

    Quem não quer ter a oportunidade do "famosíssimo" ladrão na cruz?

    Se pregam e não querem é porquê não vivem...

    Já vou fuçar teu blog!!!!!!!!!!

    Abraço bem forte,

    JC

    ResponderExcluir
  3. Grande JC ! Com relação aos que gostam de chutar "cachorro morto", cabe, muito bem as palavras de Paulo :

    "Aquele, pois, que cuida estar em pé, olhe não caia."




    I Co 10:12

    Forte abraço e aparece para visitar esse pobre blogueiro cristão !

    ResponderExcluir
  4. A Bíblia fala do Deus intolerante com a obstinação do homem iníquo... mas não sou eu quem p julgo... e se são mesmo filhos de Deus ouvem a Palavra de Deus, que Deus não se agrada que nos alegremos na desgraça alheia. (Pr 24:17-18)

    ResponderExcluir

Anônimo, eu não sei quem é você, mas o Senhor te conhece muito bem. Sendo assim, pense duas vezes antes de utilizar este espaço LIVRE (poderia bloquear comentários de anônimos mas não o faço por convicção pessoal e direção espiritual) antes de ofender quem quer que seja. Estou aberto para discutimos idéias sem agredir NINGUÉM ok? - Na dúvida, leia mil vezes Romanos 14, até ficar encharcado com a Verdade sobre este assunto...