Labels

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Tolerância


Vou andar por um terreno pantanoso, mas estou incomodado com este assunto e preciso escrever...

Há aproximadamente quatro anos atrás, ouvi dizer que aqui no Brasil era possível conseguir uma cópia do Alcorão gratuitamente, bastando apenas entrar no site da Câmara de Comércio Árabe Brasileira e fazer o pedido. Acessei o site e encontrei o link para solicitar minha cópia. Preenchi o cadastro e em menos de 20 dias estava recebendo em casa minha versão do Livro Sagrado muçulmano. Não pesquisei, mas não acredito que a Câmara de Comércio “Brasileira Árabe” teria um link no site árabe distribuindo Bíblias ou outro tipo de literatura religiosa nestes países...

Tentei ler na época e confesso que não consegui. Agora, quatro anos depois, vendo toda a turbulência que está acontecendo nos países muçulmanos após o “lançamento” do ridículo filme Innocence of Muslims (Inocência de Muçulmanos, em tradução livre), decidi voltar a ler o Alcorão para entender mais o que estava rolando. Eu, cristão (apenas para poder dar um “rótulo”), estou lendo o Alcorão com todo o respeito. Em meu braço esquerdo tenho tatuado o símbolo do Coexist, com a Cruz dos cristãos, a Lua Crescente dos muçulmanos e a Estrela de Davi dos judeus. Sou um sonhador...

Paralelo à leitura, andei fuçando o site da CCAB e notei que o link para solicitar uma cópia do livro não está mais disponível (ao menos não consegui encontrar). Olhei também alguns sites referentes à fé muçulmana e, resumindo, eles podem agir livremente nos países de maioria cristã, distribuindo seu livro, comparando e menosprezando o Evangelho e o Torá (veja este link). Já os cristãos e judeus...

Como diz o ditado: “Pau que dá em Chico também dá em Francisco”. Discordo totalmente de qualquer tipo de preconceito, principalmente os gerados por diferenças religiosas. Aliás, cada vez mais tolero menos a religião instituída. Esta tem sido a fonte de guerras desde os primórdios da humanidade. Dos cristãos e suas cruzadas no mundo árabe às jihads, mais precisamente – de acordo com o fragmento do texto encontrado no Wikipédia – “"Jihad Menor", descrita como um esforço que os muçulmanos fazem para levar a teoria do Islã a outras pessoas”.

A religião cristã, e não me refiro à relação pessoal com Jesus Cristo, mas – sim – ao esforço humano em fazer algo para se aproximar de Deus, está tão errada quanto o islamismo no quesito tolerância, respeito, co-existência. O ser humano tem esta tendência em querer empurrar goela abaixo suas crenças. Esta “catequese” em nada tem a ver com o “IDE e pregai” de Jesus.

Pode soar como inocência, pode parecer que perdi a noção do perigo, mas quero deixar registrada minha indignação crescente em relação a todo tipo de discriminação e preconceito. Eu tenho que saber conviver com meu próximo, seja ele ateu, espírita, muçulmano, cristão, judeu ou porra nenhuma, da mesma forma que tenho que saber conviver com o homo ou o heterossexual, com o branco, amarelo ou negro, com o corintiano ou com o palmeirense (aliás, deprimente o que aconteceu domingo passado no jogo entre São Paulo e Coritiba (time), em Curitiba (cidade), quando uma menina coritibana (torcedora do Coritiba) de treze anos, fã de Lucas do São Paulo, quase foi agredida pela torcida do time paranaense apenas pelo fato de ter pedido a camiseta deste jogador. Leia e veja o vídeo aqui).

Queria poder andar com a camisa de meu time sem medo de apanhar de uma torcida adversária. Queria ouvir dizer que as religiões acabaram e todos agora buscam a Deus sem se organizarem em guerrilhas fanáticas, não importando o lado que venha o fanatismo. Queria ver uma livraria vender lado a lado os livros sagrados de todas as doutrinas (sebo não vale, já é assim aqui) em um país “teocrático”, digamos assim. Ver as maiorias tolerarem as minorias, não ver o forte procurando empurrar goela abaixo do fraco seus pontos de vista. Queria que as diferenças fossem atraentes, assim como os pólos de um imã. Queria demais, mas este mundo jaz no maligno...

Poderia me estender mais, mas estou sem saco. Poderia escrever melhor, pesquisar mais, mas estou sem saco. É apenas um desabafo. Como costuma dizer o Caio Fábio, “bye bye planeta Terra”...



Reações:

14 comentários:

  1. Little John.... template nova... parabéns, ficou show, bastante clean... me amarrei!

    Cara, seu desabafo é pertinente, viu? Não há nada mais terrível que julgar pessoas apenas por seu estátus social, sua raça, sua religião, e até sua opção sexual (que todos entendam)...

    Mas se existe uma coisa que me deixa muito estressado (em mais de um âmbito) é esse terror que há em torno do silêncio que existe entre os extremistas religiosos (e não me refiro apenas ao Islã).

    Essa castração da palavra, da opinião e até do físico demonstra apenas um total desprezo pelo ser e desapego pelo bem estar comum.


    Acredito ser errada e até doentia a forma que alguns se portam. Mas outro dia, ouvi de um humorista de um jornal inglês (que faz crítica e piada de absolutamente tudo)que seria um 'privilégio' a uma determinada religião não fazer protestos de humor contra coisas que são realidades em seus nichos. Imagine: se fazem piadas com líderes católicos, protestantes, hindus... por que não fazê-las com islamicos? Seriam mais importantes? Sua fé mais exata?

    Nada diferente do terror que existe entre os 'crentes' com a teoria de 'não toqueis nos meus ungidos', que os líderes religiosos insistem em repetir enquanto roubam, mentem e escracham a fé alheia e o próprio evangelho (não generalizo, mas a maioria dos que dizem isso, se portam assim... fato!)

    A cada dia que passa fico mais consciente de que essas características não são inerentes a uma religião apenas, mas ao homem apenas!

    Abraço, mano!

    ResponderExcluir
  2. Wendel, meu querido, boa tarde amigo!

    Cara, confesso que gostava mais do anterior, era mais pesado, tinha um clima mais tenso, kkk!

    Mudei pra vc poder comentar!!!

    Já estou "confessador", digo que ia pegar bem mais pesado neste texto mas me controlei e dispersei o foco, capisce?

    Quanto ao outro comentário saudosista (rrssrs), sinto a mesma falta cara, a Sociedade do Anel deu uma "afrouxada" né?

    Agora estou começando escrever novamente. Prometo voltar a ter saco de ler mais, comentar mais, rsrs

    Abraço!!

    JC

    ResponderExcluir
  3. Por falar em Sociedade do Anel, O Hobbit estreia em dezembro, yessssss!!!

    ResponderExcluir
  4. De confissão em confissão, hoje vou no show do Thalles Roberto, um dos poucos "gospel" que me faria sair de casa. Bom pra caramba!!!

    ResponderExcluir
  5. Confessando mais ainda, EM NOVEMBRO VOU NO SHOW DO KISS!!!!!!! Sonho de adolescência, sendo realizado 29 anos depois!!!!

    ResponderExcluir
  6. Meu DEUS... é muita confissão pra um cara só! Devia mudar a template pra uma com cor de mogno e treliça, a cara de confessionário católico! kkkkkk

    Velho, estou em lágrimas (de crocodilo) pela declaração do motivo da miudança da template!
    snif... e também tem a corisa... ah não, é por causa da rinite mesmo, foi mal!

    Cara... O Hobbit, né? Pois é... vamos ver como ficará... sabe como eu sou com Cinema, né? Prefiro esperar pra ver antes de focar ouriçado!

    cara... o Thalles é show. Estive num evento dele com o Joshua a foi massa! Melhor que ouví-lo é cantar suas músicas.... perfeita simetria entre rock e música negra! Show mesmo!

    Kiss, pecado? magina? Me leva?
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  7. Miudança: leia-se 'mudança...'
    'Focar ouriçado'... seria 'ficar'...
    A Bispa que num pega o teclado dela!

    ResponderExcluir
  8. Por isso que eu seleciono as amizades: Só ando com herege!

    ResponderExcluir
  9. PS: lá em riba eu disse "afrouxada na sociedade do anel", duplo sentido, piadinha infame, fiquei esperando sua veia sarcástica, kkk :)

    ResponderExcluir
  10. Pois é. Mas eu imaginei que essa parada de anel frouxo não seria um bom trocadilho pra eu adentrar, né?
    Aí, viu? Já deu merda!
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  11. Adoro ler vcs dois...

    Saudade...

    Bem vindo de vorta, JC!

    ResponderExcluir
  12. Ah bispa, bom você aqui! Eu é que (ainda) estou numa fase esquisita: Escrever depois de meses foi um parto, ler outras coisas ainda não consegui, leitura na tela do computador se tornou um peso pra mim, me dá enjôo... affff

    ResponderExcluir

Anônimo, eu não sei quem é você, mas o Senhor te conhece muito bem. Sendo assim, pense duas vezes antes de utilizar este espaço LIVRE (poderia bloquear comentários de anônimos mas não o faço por convicção pessoal e direção espiritual) antes de ofender quem quer que seja. Estou aberto para discutimos idéias sem agredir NINGUÉM ok? - Na dúvida, leia mil vezes Romanos 14, até ficar encharcado com a Verdade sobre este assunto...