Labels

domingo, 30 de maio de 2010

Não estranheis o fogo ardente...


Ontem a noite estava conversando com minha amada a respeito da sensação de freqüente agonia que estávamos sentindo, chegando até a achar que ela era fruto da recente perda em nossa família, mas chegamos à conclusão de que não era aquilo, nem muito menos que somos os únicos que tem sentido esta pressão.

Não conheço ninguém que esteja vivendo uma vida plena. Pelo contrário, todo mundo empurrando com a barriga e se entupindo de remédios para agüentar o tranco, usando máscaras para ocultar as feridas da alma. O que está acontecendo neste mundo? Por que tanta dor, escândalos, tristezas, frustrações, catástrofes, incertezas? Por qual razão dormir tem sido melhor do que ficar acordado? Por qual razão a sensação do tempo se escoando como água pelas rachaduras das estruturas construídas sem que nada de útil esteja sendo feito?

Cristãos sinceros, servindo a Deus, comprometidos com a Verdade e mesmo assim esta pressão. Não estava fazendo sentido. Debatemos muito sobre a fonte desta agonia, choramos muito na presença de Deus, que estava muito forte. Notamos que Ele queria falar algo que não estávamos entendendo. Apuramos nossa audição espiritual e uma passagem das Escrituras veio à minha mente:

“Amados, não se surpreendam com o fogo que surge entre vocês para os provar, como se algo estranho lhes estivesse acontecendo. Mas alegrem-se à medida que participam dos sofrimentos de Cristo, para que também, quando a sua glória for revelada, vocês exultem com grande alegria. Se vocês são insultados por causa do nome de Cristo, felizes são vocês, pois o Espírito da glória, o Espírito de Deus, repousa sobre vocês. Se algum de vocês sofre, que não seja como assassino, ladrão, criminoso, ou como quem se intromete em negócios alheios. Contudo, se sofre como cristão, não se envergonhe, mas glorifique a Deus por meio desse nome. Pois chegou a hora de começar o julgamento pela casa de Deus; e, se começa primeiro conosco, qual será o fim daqueles que não obedecem ao evangelho de Deus? E, "se ao justo é difícil ser salvo, que será do ímpio e pecador?" - 1 Pedro 4:12-18

De repente, o bendito ‘ploc’ aconteceu. Nossos ouvidos se abriram e entendemos o que o Pai queria nos falar. Estamos sofrendo agonias e dores, como se estivéssemos sendo provados pelo fogo, exatamente pelo fato da plenitude dos tempos estar chegando. Nós, cristãos (apesar da imensidão de defeitos), estamos sendo purificados com fogo. Esta a razão das peças não se encaixarem. Não estamos cabendo mais neste mundo caído, estamos tomando posição contra a estrutura falida da religião e cada vez mais temos nojo de tudo o que vemos.

Sentimo-nos deslocados desta realidade, “tomamos a pílula vermelha” como fez Neo em Matrix. Agora não tem mais volta. Lutaremos até o fim pela Verdade, sofrendo angústias e perseguições. Temos denunciado a picaretagem feita em nome de Deus, não temos nos conformado com a mentira travestida de evangelho, os roubos, os escândalos, as extorsões feitas com uma Bíblia na mão.

Nós hoje estamos em agonia. Se cumprindo as Escrituras, temo e tremo pelo fim daqueles que criaram e tem obedecido um outro evangelho. Se estamos sofrendo tanto nos dias de hoje, qual será o fim dos ímpios?

Reações:

1 comentários:

  1. Mano, o que dizer......

    De Março de 2009 para cá, perdi a paz, as vezes penso como era doce minha ignorância e a inercia ministerial, aconchegante.
    Contudo posso te dizer que ganhei a Paz, aquele que execede todo entendimento, e que muitas vezes não te deixa dormir...

    boa semana, mano querido

    ResponderExcluir

Anônimo, eu não sei quem é você, mas o Senhor te conhece muito bem. Sendo assim, pense duas vezes antes de utilizar este espaço LIVRE (poderia bloquear comentários de anônimos mas não o faço por convicção pessoal e direção espiritual) antes de ofender quem quer que seja. Estou aberto para discutimos idéias sem agredir NINGUÉM ok? - Na dúvida, leia mil vezes Romanos 14, até ficar encharcado com a Verdade sobre este assunto...