Labels

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Levou na cara e finge não saber a razão... ha-ha-ha!


“Nenhuma árvore boa dá fruto ruim, nenhuma árvore ruim dá fruto bom. Toda árvore é reconhecida por seus frutos. Ninguém colhe figos de espinheiros, nem uvas de ervas daninhas. O homem bom tira coisas boas do bom tesouro que está em seu coração, e o homem mau tira coisas más do mal que está em seu coração, porque a sua boca fala do que está cheio o coração”. – Lucas 6.43-45

Minha cabeça está a milhão. Acabei de ler algo na blogosfera que destampou minha Bíblia mental, fazendo com que diversos versículos pipoquem em minha mente. Todos, de uma forma ou de outra, estão ligados à maneira como vejo as pessoas se relacionando com seu próximo (pessoal ou virtualmente) e com Deus (“idem”).

Parece que algumas pessoas não se importam com os desdobramento de suas ações. Como bem diz o Ricardo Gondim: “Temos controle de nossos atos mas não temos controle das conseqüências”. Nada mais verdadeiro pois levianamente falam o que vem à mente, escrevem e denigrem os outros e esperam colher somente o melhor das pessoas.

São pessoas ardilosas, camufladas de piedade, até com títulos ministeriais mas – por dentro – possuem um espírito corrompido, exalando podridão e sectarismo. Visam denegrir pessoas, idéias, doutrinas, conceitos filosóficos, pontos de vista, denominações, agindo sem saber (será?) como embaixadores do diabo, trazendo discórdia e divisão.

Como pode uma pessoa despender boa parte do seu tempo e dos seus dons numa empreitada tão nefasta? Como um câncer, vive espalhando metástase por todo o corpo de Cristo, atingindo um órgão aqui, outro membro ali, outro tecido acolá, de forma a construir ao seu redor um cemitério de vidas destruídas por suas palavras, suas insinuações, seus ataques.

Agem desta forma testando a paciência e os limites de cristãos sinceros, procurando tirar o pior destes. Quando porém levam uma “invertida”, ficam todos melindrosos, estatelados no chão, sem saber a razão de ter levado uma voadora na fuça. Choram mostrando o dodói na ponta do nariz como fazíamos quando éramos crianças.

Os mais incautos talvez vejam aquela cena do “corpo estendido no chão” e não entendam que aquilo se deu por ela ter levado a paciência do irmão que apenas se defendeu ao extremo. Como diz Paulo aos Romanos:

“Se for possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens”. – Romanos 12.18

Quando não se faz possível manter esta paz, somos obrigados a agir como – “diii-nôoooovooo” – nosso querido e “estourado” Paulo:

“Quando, porém, Pedro veio a Antioquia, enfrentei-o face a face, por sua atitude condenável. Pois, antes de chegarem alguns da parte de Tiago, ele comia com os gentios. Quando, porém, eles chegaram, afastou-se e separou-se dos gentios, temendo os que eram da circuncisão. Os demais judeus também se uniram a ele nessa hipocrisia, de modo que até Barnabé se deixou levar.”
Gálatas 2.11-13

Afinal de contas, quem agüenta a hipocrisia reinante entre alguns crentes, todos melindrosos por terem sido repreendidos por suas pisadas na bola contra outros irmãos? Querem apenas o filé e não querem chupar os ossos? Chega uma hora – até para os filhos de Deus – que a paciência acaba! Já tinha escrito sobre a podridão que vez ou outra vemos na blogosfera e que, na verdade, empesteia não só no campo virtual, mas também no mundo real, até mesmo dentro das igrejas.

Só que uma hora a coisa vem à tona. Como disse o Senhor:

“Porque não há nada oculto que não venha a ser revelado, e nada escondido que não venha a ser conhecido e trazido à luz”
. – Lucas 8.17

Isso pode se dar no dia do julgamento mas também pode começar aqui, agora. E é o que vejo estar acontecendo.

Caso queiramos ser bem quistos pelos homens, devemos nos preocupar com a qualidade do relacionamento que temos com eles. Da mesma forma com o Senhor.

“Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá. Quem semeia para a sua carne, da carne colherá destruição; mas quem semeia para o Espírito, do Espírito colherá a vida eterna“
. Gálatas 6.7-8

E ainda:

“Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás. Reparte com sete, e ainda até com oito; porque não sabes que mal haverá sobre a terra".Eclesiastes 11.1-2

O que você espera encontrar em seu caminho quando vierem os dias difíceis?

Sei lá, não sei se tudo isso faz sentido para vocês. Para mim foi chocante o que vi hoje...

Reações:

17 comentários:

  1. Ui, essa doeu!

    Não em mim diretamente(Pelo menos dessa vez)

    Mas é que dói na gente, de certa forma...

    ResponderExcluir
  2. Dói só nos dodóis, você é couro de jacaré, serva do Altíssimo!

    ResponderExcluir
  3. Dói ver gente assim, sério, não é damagogia.

    Gente adulta que se diz amadurecida, poxa.

    Muitos até pais de família, pastoreando igrejas...

    ResponderExcluir
  4. JC,

    Não podemos perder este ensino que você citou no começo, talvez, até, sem perceber: "ler algo na blogosfera que destampou minha Bíblia mental". Cada dia mais, tenho considerado a blogosfera como um ministério, ou parte de um, e esta sua afirmação vem de encontro a isto. Sempre que lemos algo por aí, a gente é levado a agir como os bereianos e acaba sendo mais edificado, apesar (ou por causa), das podridões com as quais nos deparamos. Isto é muito bom!

    Concordo com a Rê: é dolorido nos depararmos com esse tipo de coisa! Mas não podemos esquecer que o Espírito de Cristo levará todo o trigo ao amadurecimento necessário, assim como não podemos esquecer que o joio está no meio do trigo e não há como arrancá-lo. É importante termos consciência disto, até mesmo para direcionarmos corretamente nossas ações.

    E, no caso citado no texto, exortei da forma que fui levado a fazer, aguardando o resultado que a Palavra diz haverá em toda a repreensão: "Não repreendas o escarnecedor, para que não te odeie; repreende o sábio, e ele te amará". Assim, se ele continuar brabo, vou considerá-lo 'escarnecedor'. Se ficar numa boa, vou considerá-lo 'sábio'.

    JC, afinal de contas, a Rê é 'couro de jacaré', ou 'casco de tartaruga'? Define logo essa situação, cara!!!

    Ah! Valeu pelo apoio lá no blog, meu amigo!

    ResponderExcluir
  5. E, claro, já temos o resultado da repreensão...

    ResponderExcluir
  6. René, meu bródi

    Confesso que na hora que postei pensei: "Xiii, será que o René não vai ficar chateado comigo?"

    Só o fiz por saber que o sinédrio deixou de frequentar meu blog faz é tempo, também por motivos semelhantes (já tive meu "momento íntimo" com ele também e não foi nada agradável).

    Obrigado por ter entendido a proposta desta postagem...

    Um abraço!

    JC

    ResponderExcluir
  7. Cláudio, obrigado... pelas mesmas razões que agradeci ao René.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  8. Mas você entendeu, pastor? Me irrita, enche o saquinho às vezes, mas dói justamente porque a pessoa num tá nem aí, tamanha é a soberba espiritual. "Se acha" tanto que não se sente atingida pelo puxão de orelha, entende? Perdeu a sensibilidade, anestesiou a alma, sei lá... Isso que me dói.

    (E esse lance de tartaruga eu já fiz até um texto, tô forinha rsss)

    ResponderExcluir
  9. Faz todo o sentido.

    Acho que devemos dar o peso correto as palavras e ponderar sobre as consequências.

    Toda verborragia traz em si um tanto de compulsividade, se esta vier acompanhada falta de controle da raiva e baixa resistência a frustação teremos a 3° guerra mundial instalada, na real ou mente dos envolvidos.

    Agora ,pensemos se tudo isso estiver "ungido" com títulos ministeriais e versículos bíblicos decorados e sacados feito metralhadora giratória.

    Temos o que vemos, quase todo dia tem um "ungido" que surta.


    Pastô, que bom que o sinédrio já se mandou destas bandas.

    ResponderExcluir
  10. Ah Dri,

    A primeira cena que me veio à mente quando li a última linha do seu comentário foi hilária: Eu arreando as calças e mostrando a bunda, tipo "ah, querem motivo pra me avacalhar, então toooommmaaaaaaa!"

    Por isso que, em alguns posts, escrevo no final: "pronto, sacudi a peneira, vamos ver quem vai cair desta vez".

    Dito e feito! Mas sei que você sabe que não é por mal criação e sim por querer exercer meu direito de - ao menos - escrever o que vivo e penso no meu blog.

    Não douro a pílula, não tento me mostrar mais ou menos do que sou, apenas quero que fique claro que sou CRISTÃO mas não sou fanático pelo cristianismo nem pelo "gospel way of life" pregado por aí.

    Intento mostrar que sou um ser humano normal, cheio de defeitos mas CONFORTAVELMENTE inserido na imerecida GRAÇA dispensada àqueles que inclinam seus corações ao PAI.

    (vai virar post se eu continuar...)

    Beijos

    JC(zinho)

    ResponderExcluir
  11. Ohhhhh bispita...

    Craro que eu te entendo! Fazer o quê com gente assim? Orar e deixar seguir seus caminhos.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  12. aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah, bom!

    Por um instante achei que vcs estavam interpretando minhas palavras como "passar a mão na cabeça".

    O&A

    ResponderExcluir
  13. O que doí mais é o que vem de dentro da família.

    Quando lemos,vemos, pessoas descompromissadas com Deus, falando sandices, nos incomoda, mas nunca igual quando ouvimos daqueles que deveriam dar "o exemplo".

    João Carlos está certo ;

    Certo também estava João, o Apóstolo ;




    "Saíram de nós, mas não eram de nós; porque, se fossem de nós, ficariam conosco; mas isto é para que se manifestasse que não são todos de nós.
    E vós tendes a unção do Santo, e sabeis tudo.
    Não vos escrevi porque não soubésseis a verdade, mas porque a sabeis, e porque nenhuma mentira vem da verdade."





    I Jo 2:19-21

    ResponderExcluir
  14. "Intento mostrar que sou um ser humano normal, cheio de defeitos mas CONFORTAVELMENTE inserido na imerecida GRAÇA dispensada àqueles que inclinam seus corações ao PAI."

    A frase vai para minha agenda e vou usar sem pedir licença.
    Vou repetir porque creio assim e assim que é.

    obrigada

    ResponderExcluir

Anônimo, eu não sei quem é você, mas o Senhor te conhece muito bem. Sendo assim, pense duas vezes antes de utilizar este espaço LIVRE (poderia bloquear comentários de anônimos mas não o faço por convicção pessoal e direção espiritual) antes de ofender quem quer que seja. Estou aberto para discutimos idéias sem agredir NINGUÉM ok? - Na dúvida, leia mil vezes Romanos 14, até ficar encharcado com a Verdade sobre este assunto...