Labels

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Mais vale dois sonhos voando do que uma incômoda realidade nas mãos


“Outrossim, o reino dos céus é semelhante a um negociante que buscava boas pérolas; e encontrando uma pérola de grande valor, foi, vendeu tudo quanto tinha, e a comprou”. – Mateus 13.45-46

Certa vez o pastor Ricardo Gondim disse que ele, como pastor de uma igreja relativamente grande, sempre está recebendo presentes dos irmãos da igreja. Uma hora uma camisa, em outro momento uma gravata, vez ou outra um terno novo e por aí vai. Via de regra, todas as vezes que ele ganha um item novo ele doa um velho. Desta forma – disse ele – sempre há espaço para novas coisas em sua vida. Concordo com ele.

Nossas maiores conquistas freqüentemente, se não sempre, envolvem renúncias de pequenas vitórias alcançadas ao longo do caminho. Como diria Isaac Newton, “dois corpos não ocupam o mesmo lugar no espaço”.

Como muitos de nós temos que batalhar muito para conquistar algo, passamos a juntar tralhas, aquelas tralhas que julgamos serem indispensáveis em nossa vida como, por exemplo, aquela calça surrada que você comprou 4 anos atrás e não te serve mais por você estar acima do seu peso (você jura que um dia vai malhar e fazer dieta para voltar a usá-la), aquele chinelo que quebrou a correia e você crê piamente que vai comprar uma nova assim que encontrar, chaveiros e canetas que ganhamos em alguma feira, rolhas dos vinhos tomados, cabos de força de algum equipamento fora de uso, cartões de aniversário de 20 anos atrás, cadernos velhos mas com algumas páginas em branco, etc e tal.

O problema é que este acúmulo de coisas (in)úteis "trava" nossas vidas. Não sei nem dizer se isso chega a ser espiritual, mas não duvido. O problema é que isso não é algo que conseguimos perceber claramente. Apenas sentimos o cansaço por estarmos carregando bagagem acima do permitido. Caminhamos lentamente preocupados em não perder nada do que foi conquistado pelo caminho, como aqueles moradores de rua com seus carrinhos de supermercado (sempre me pergunto como eles conseguem os carrinhos) cheios de tralhas.

Quando é com o mendigo achamos no mínimo estranha aquela atitude, mas com nossas coisas temos um apego irracional. Não cheguei a ler a matéria, mas por estes dias vi uma revista na banca de jornais que dizia na matéria de capa para nos desfazermos de 50 itens que possuímos para termos uma vida melhor. Faz sentido. Deduzo que eles devem pregar o mesmo conceito que tenho falado acima.

(Pausa: neste meio tempo tentei lembrar o nome da revista e consegui pelo sempre bendito Google. É a Vida Simples que – por acaso – cita a matéria que mencionei. Dá uma clicada para ler a respeito AQUI.

Da mesma forma, há momentos em nossas vidas que temos que sair da zona de conforto em busca de situações melhores, como a troca de um imóvel, um novo emprego, um carro mais novo ou qualquer outra coisa mas, ao iniciarmos esta nova fase em nossas vidas, temos que deixar para trás a já citada zona de conforto que – nem sempre – é tão confortável assim.

Agimos desta forma pois abandonar o “status quo” é extremamente desgastante. Não gostamos de começar tudo do zero. Posso citar como exemplo a troca de emprego. Tem situação mais constrangedora do que o primeiro dia de emprego? Não sabemos nem onde podemos colocar as mãos!

Mesmo assim, não podemos nos acomodar no incômodo. Temos que nos desvencilhar de todos os fardos inúteis (por mais que tenhamos aprendido a conviver com eles), para podermos alcançar nossos objetivos.

Assim como o óvulo pronto para ser fecundado, também temos nosso “período fértil”. Não podemos deixar de estar atentos para esta “janela” que se abre por um curto período. Quando ela começa se a abrir, devemos estar prontos para segurarmos com todas as forças a nossa porção.

Ao dizer isso vejo o Céu conspirando a nosso favor. Sem triunfalismo nem doutrinas estranhas, apenas uma forte impressão em meu coração. Por esta razão, vamos jogar todo excesso de peso fora, mesmo que este peso seja algo que você considere ativo fixo na contabilidade de sua vida.

Reações:

51 comentários:

  1. Cara,
    seu texto toca num ponto crucial da vida de TODOS nós... desde os portadores dalguma patologia que lhes faz juntar coisas (lixo) em casa a ponto de não haver mais casa pra morar, até os que fazem do jeans velho e pequeno um ícone de corpo perfeito (e inatingível).

    Sabe,
    deixar de lado algumas coisas (ou muitas) é uma das palavras pregadas por Jesus na Graça; foi algo assim que sugeriu ao jovem rico que queria juntar mais coisas que poderia gerir na vida!

    Gosto muito de vir aqui, meu velho, seus textos estão cada vez melhores. Que esta inspiração faça de você uma vaso cada dia mais útila na estante de Deus...
    (é brega, mas é de coração)

    ResponderExcluir
  2. Sabe cara, acho que se todos nós déssemos uma limpa nos armários & Cia toda semana, SEMPRE encontraríamos algo mais para ser doado, reciclado ou descartado.

    Na vida também. Nos prendemos a situações inúteis por pura falta de coragem de descartá-las, talvez por comodismo, talvez por receio de não ser aceito ou até por medo de ser mal interpretado.

    Até acho que já escrevi algo a respeito deste assunto antes, mas vira e mexe preciso pregar pra mim a mesma mensagem, até que eu a viva plenamente...

    Fico muito orgulhoso (no bom sentido) de um irmão tão querido e precioso como você gostar de passar alguns minutos aqui no meu cafofo. Como diz a Palavra, algumas vezes recebemos anjos em nossa casa né???

    Peço desculpas por estar tão ausente nos blogs de vocês. Estou sem computador em casa e o trabalho está consumindo muito tempo.

    Logo logo tudo estará no eixo, pódexá!!!

    ResponderExcluir
  3. JC,

    Acho que esta é a parte mais difícil da nossa vida: jogar alguma coisa fora! Na verdade, entendo que isto faça parte daquele "esforço para entrar no Reino de Deus", ao qual Jesus Se referiu. E é difícil, exatamente por fazer parte do "ativo fixo da contabilidade de nossas vidas", pois o que não faz parte disto, além de ser fácil de se descartar, não exerce domínio sobre nosso coração. Não interfere no nosso foco em Jesus.

    Este é o motivo de não haver problema em se possuir muita coisa: o nosso desprendimento em relação a elas! Acho que este desprendimento tem o mesmo valor de 'se livrar de'.

    Abração e Paz!

    ResponderExcluir
  4. Cara,
    não sou digno dessas palavras, mas fico imensamente feliz em saber deste carinho!

    Na Paz!

    ResponderExcluir
  5. Pastor,

    Texto denso e que dá margem a reflexões diversificadas.
    E livrar-se de lixo é fácil, quero ver neguinho se desfazer de coisas no cotidiano numa boa.
    Isso é algo que define exatamente onde realmente está o nosso coração.
    E não falo de falta de zelo pelas coisas que se conquiste. Falo de desapego, o que é bem diferente.
    Me perdoe a pressa.

    (Mas da rasgação de seda eu não posso deixar de falar ui ui ui essestres, heim rss)

    ResponderExcluir
  6. É Marlin (peixe-espada que era espadachim que era sacerdote do Altíssimo que um dia foi consagrado a presbítero que nasceu René),

    Este é um outro foco interessantíssimo desta bagaça! Possuir bens sem ser possuído por eles. ISSO É DIFÍCIL cara, mas tenho buscado chegar a este "nirvana", rsrsrs

    O descarte do lixo realmente é fácil, mas não para todos, pois nem todo mundo consegue ter uma visão exata do que possui.

    Vamos discorrer também sobre esta pauta em nosso concílio sob as águas, em breve!

    ResponderExcluir
  7. Wendel, Wendel, por que me persegues?

    Sabes que és mui amado varão! (riririri...)

    ResponderExcluir
  8. Bispita,

    Chegou a clicar no link da revista? Clamo os céus e a terra como testemunhas de que eu não li esta matéria.

    Na verdade (como disse antes), já escrevi algo sobre o assunto.

    Fico me perguntando na verdade a razão do Espírito me cobrar para falar sobre este desapego de bens materiais. Não tenho quase nada!!!

    Beijos.......

    ResponderExcluir
  9. Pastor, se for onde tem "AQUI", o senhor esqueceu de completar a tarefa, pois não remete a link nenhum, desculpaí...

    ResponderExcluir
  10. Deu "tilti", rrsrs

    Tenta novamente, rsrs

    Caso não consiga, leia a matéria po este link:

    http://vidasimples.abril.com.br/edicoes/0102/grandes_temas/desapego-raca-615380.shtml

    ResponderExcluir
  11. Caraca, você com o Marlin sob as águas....
    UUUUUUUUUUUUUUUUUUUIiiiiiiiiiiiiiiii

    ResponderExcluir
  12. he he eu li

    Cada "um" era o item rsss

    Aí sim, a limpeza é geral. :)

    Eu tenho mania de dar coisas pessoais em ótimo estado, até depois digo , "eita maluca, não era pra eu dar aquilo, mas agora já era, já foi" rsss

    Coisa que não possa usar com certa frequência, nem pensar em guardar. Me desfaço sem dó :)

    Quem me conhece e tá lendo sabe que não minto (pelo menos quanto a isso he he)

    ResponderExcluir
  13. Bispa, você tem dinheiro guardado na caderneta de poupança ou algum imovelzinho na praia? Pode ser em Recife, sem problemas...

    ResponderExcluir
  14. Wendel, seu zé-roela:

    Nós todos somos "Marlins". Peixes fisgados pelo Senhor com uma espada afiadíssima que sai de nossas bocas...

    Carioca tem mania de levar tudo pelo buraco da maldade, afffff...

    ResponderExcluir
  15. Pastor,

    imovelZINHO num tem não, ó

    ahuahuahauhauhauhauahuahuaha

    ResponderExcluir
  16. Sua resposta deixa em aberto a possibilidade de ter uns cascalhos na poupança. Estou certo?

    ResponderExcluir
  17. João,
    a espada do Espírito está na baínha daqueles que são chamados soldados de Cristo. Também podem usar da Palavra, a 'espada de dois gumes', só não sei desse negócio de peixe-espada do Espírito, depois é carioca que é maluco!
    rsrsrsrsrsrs

    Sobre a bufunfa da Bispa, isso tá claro.
    Tá lá no site http://www.bisposmilionarios.com.br/regina/farias/jatinho/cobertura.html

    Clica e dá uma olhadinha, são nossos dízimos fomentando a continha da menina, e ainda escreve dois best sellers ao mesmo tempo pra ver se dá uma de C.S.Lewis e faz da Mulher Crisálida uma nova Crônicas de Nárnia e vende os direitos (em vida) pra Disney fazer filmes!

    srsrrssrrssrsrsrrs

    ResponderExcluir
  18. Isso é invenção da midia, acredite não, pastô...

    ResponderExcluir
  19. Não acredite em nem uma linha do que está lá escrito, pastorzim
    E mais: aquelas fotos são todas montagens toscas, pode ver.
    Isso é pura maldade, perseguição poque a IBL tá em franco crescimento.

    ResponderExcluir
  20. Eu sou profeta e não compactuo com isssooooooooo
    Eite shovasléguas!

    ResponderExcluir
  21. Mas vender os direitos pra Disney seria legal, né não?
    Fala, fala, fala....

    ResponderExcluir
  22. Senti que tocaram em mim (uuiii)! Ô Wendel, vê se entende que essa parada sob águas profundas é só espiritual, cara! Ficamos ali, meditabundos...

    JC, a bispa só dá os imóveis que não costuma usar muito. De quem que você acha que a amiga íntima dela, a tal da Sonia H., ganhou aquela mansão nos States?

    Na beira da praia, pode esquecer...

    ResponderExcluir
  23. uhauhauhauhauhauhauh
    Meditabundos?
    Sonia H?

    Tô no blog certo?
    rssrsrrssrrs

    ResponderExcluir
  24. W. meu irmão

    Está sim no blog certo. Não seja tão fraco, creia na unção da prosperidade e terá o seu jatinho também. Não que a bispa te dará, mas pelos seus próprios esforços ministeriais.

    Marlin (Marlin?!) enfim...

    Não me julgue mal, não sou apegada a coisas materiais, mas não nego que - por amor aos irmãozinhos - meu lema seja sempre este: "dinheiro não traz felicidade, me dê o seu e seja feliz".

    :)

    ResponderExcluir
  25. Sou a favor de uma autidoria nas contas da bispa, afim de que sejamos todos contemplados com a prosperidade da IBL em franco crescimento.

    Estamos fazendo a obra do sinhô, oxente!


    Aqui na terra do Luis Inacio não chegou nenhum centavim.



    obs: se vc está triste cabisbaixo, meditabundo e sorumbático venha ao blog do pastô e vc vai rir litros, satisfação garantida ou seu dizimo de volta.

    ResponderExcluir
  26. Sacerdotiza Dri,
    Você é uma psicóloga que sabe lidar perfeitamente com a mente humana e por isso a tenho em alta conta, daí jamais levar para o lado pessoal.
    Mas saiba que sou extremamente transparente e que a minha vida é um livro aberto (Só que escrito em aramaico)
    Pode vir auditor à vontade(De preferência solteiro e bem sucedido) que não vai encontrar nada, minha conta tá a zero.
    Liaizzzz... "Meus" dólares estão todos muito bem guardados em bíblias falsas mas, saiba, sou uma pessoa desapegada, é tudo para o ministério.
    Relaxe e pense na causa maior.
    :)

    ResponderExcluir
  27. Causa maior de quem?
    É isso aí Drí, eu tenho um amigo meu que é advogado e auditor da Inverstigation Church Stelionatation para dar um pulinho na casa/escritório bispal da Rê só pra conferir....
    Mas infelizmente não posso passar essa missão pro cara pois ele é solteiro, tem 1,80 e olhos azuis, então, pode rolar um problema de conflito de intereces, entende?

    Que tal mandarmos um anjo que está sob nosso domínio? Rebbeca Brown me ensinou a usar esse artifício pessoalmente! O Daniel Mastral se mordeu de inveja!

    ResponderExcluir
  28. Cara, o lema da bispa tem que ser o lema da IBL!! Perfeito!!!

    Agora, Dri, temos que ter cuidado com nossas declarações. Esse negócio de prometer o dízimo de volta é perigoso. Tem muita gente que se molha toda, de tanto rir, mas, depois, diz que não gostou, só pra pegar nosso (se deram, já é nosso) suado dindim de volta.

    Wendel, até o artifício da Rebbeca é perigoso. Lembra da história dos gigantes, não?

    ResponderExcluir
  29. uhauhahuauhauhauhauhauhuahuah
    René,
    tu me mata!

    ResponderExcluir
  30. Tá certo René, dou o braço a torcer, não pretendo devolver nadicadenada mesmo.O sinhô me deu, eu sou cabeça e não rabo.

    Camaradas de presbitério, melhor seria mandarmos uma pessoa do sexo feminino, pois a bispa com esta cutis e toda esta inteligência está um tanto irresistivel.

    É a segunda Eva, em carne osso e pescoço. Que auditor ficará de pé?


    momento Teologia da IBL
    A tentada precisava ser a dona Eva, pois o Zé Adão, vamos dizer, é mais facin facin
    basta um cafuné da dona Eva que ele morde até jacaré kkkk


    Isto posto, defendo uma auditoria de saias!!

    ResponderExcluir
  31. Gente, que ki é isso, heim?!
    Tá amarrado, sacerdotiza!
    Suas palavras carregadas de sensualidade são pura maldade.
    Sou uma pessoa íntegra, isenta e meu negócio é gente de carater (E não, cara TER rss).

    Vá colocar os joelhos no milho durante seis horas depois volte pra rezar cem avesmarias e cento e cinquenta painosso ( e não adianta rezar a primeira e dizer biz para as restantes, viu?)

    E mais: essa cútis, já falei, é resultado de quilos de maquiagem. Nem queira ver minha cara acordando he he abafa.

    Do sexo feminino eu tô superforinha, pois do jeito que a coisa anda, vai que é bi, tri, tetra, sei lá, não arrisco meizzzz portanto deixem de ser rigorosos e legalistas e mandem logo esse investigador, oras

    (Só digo uma coisa, quando o chefe dessa "budega" notar a bagunça que estão (estamos, vá lá)fazendo no pedaço, do jeito que ele é bravo, num sei não, nem quero estar aqui na hora, viu?)

    Beijos a todos e, por hora, valeu pelas risadas.

    ResponderExcluir
  32. Oops! sacerdotisa com "s" afff
    ai ai ai como euzinha erro...

    ResponderExcluir
  33. "ai ai ai como euzinha erro... "
    Vem cá Bispa... isso é uma confissão?
    Hummmmm

    ResponderExcluir
  34. W.

    Veja o contexto e não distorça a mensagem afff Se ligue que foi isso que fizeram com as cartas do NT.

    Na IBL num é assim que a banda toca he he

    Porém, ah porém... (Já que estamos falando em confissão)

    Quanto a essa confissão que o senhor propõe eu a faço já para não ser surpreendida.

    Exponho logo para que ninguém aponte, entendeu a estratégia?

    Aliás, quem coloca a vida em livro não tem medo de exposição. Dá a cara a tapa sabendo que vem dor rss

    Faz parte...

    E veja você que, de brincadeira aparentemente casual, saem as mais inesperadas confissões.

    A. & O. (<--veja que entrei na onda)

    R.

    ResponderExcluir
  35. Só quero ver quando o dono da "budega" voltar...
    ui!

    ResponderExcluir
  36. Tu tá falando do João ou de Jesus?
    Acho que nenhum dos dois vai ligar!
    Ambos são parceiros nossos!
    Jesus então é meu bródi... tá limpeza!

    ResponderExcluir
  37. Rpz... euzinha tô falando do Jota, craru.
    Quando ele voltar do Copacabana Palace (risos) e vir a bagunça que fizemos no blog dele, vai ter que fazer leitura dinâmica pra mastigar e digerir todas as abobrinhas que escrevemos aqui.

    Quanto a "Jesus voltar" (agora é sério)não tenho nenhuma neurose com isso :) Liaizzzz faltei em todas as aulas de Escatologia rsss

    E, embora nas cartas ao povo de Tessalônica o enfoque seja a volta de Cristo, eu aproveito pra expressar mais ou menos o que vivo a esse respeito retirando de lá o seguinte:

    "Irmãos, no que diz respeito à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e à nossa reunião com ele, nós vos exortamos a que não vos demovais da vossa mente com facilidade, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavras, quer por epístola, como se procedesse de nós, supondo tenha chegado o Dia do Senhor". (2a. 2:1.2)

    besos

    R.

    ResponderExcluir
  38. Olha, gente, não tenho nada a ver com Neuza Itioka, mas acho que o JC vai voltar hoje!!!!!

    ResponderExcluir
  39. Eu sei René,
    o teu lance não é com a Neusa, é com a Rebbeca!
    (gargalhadas)

    ResponderExcluir
  40. Wendel,

    Depois, você diz que eu é que não sou baú! Pô! Era pra manter sigilo, cara!

    Mas é sério: a volta de JC deve ser hoje! Soube que ele já se levantou de seu trono lá em cima da cobertura do Copacabana Palace e vem governar esta zorra!

    Agora, você percebeu que a bispa escreveu um livro em aramaico, também? Diz ela que é a biografia dela. Sei não...

    Ô bispa, esse trecho do qual você tira um tantão de tranqüilidade pra viver a liberdade pra qual Jesus nos libertou é, sem dúvida, um oásis, mesmo assim, logo depois, ele diz que, pra volta de Jesus, precisa vir a apostasia (que já tá aí) e seja revelado o iníquo. E, pra isto, todas as coisas estão convergindo numa velocidade...

    Não é pra botar medo, não! É uma pequena lembrança de que a IBL tem um propósito definido, além de concentrar riquezas!!! Dorme com um barulho desses...

    ResponderExcluir
  41. Bom,
    deixa eu ver se entendi as coisas que o René falou:
    Disse que pra JC (aquele mesmo) voltar tem que ter apostasia... (quer mais apostasia do que esta aqui nesse blog, fala sério!)
    Disse também que muitas coisas estão acontecendo com velocidade... (O que será? Será a velocidade da banda larga dele?)
    Disse também que o iníquo deve ser revelado... (quem será esse cara? Será que tá falnado de mim?)

    Esse negócio tá ficando pessoal!!!!!!!

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    Eu ganho pouco nessa IBL (sou só Intérprete Linguístico Profético), mas me divirto horrores!

    ResponderExcluir
  42. Wendel,

    Você confirmou que é ILP, mesmo antes de reclamar do salário! Mas...

    O da apostasia não vale, porque eu já tinha colocado entre "os parêntis". A velocidade é a da banda larga, mas não é a minha, pois não sou eu que moro em cobertura à beira-mar, ou no prédio do ex-Presidente, ou em Recreios para Bandeirantes, ou, ainda, sob as benesses de Castor de Andrade (quem lê, entenda). Eu só moro no paraíso!!! rssssss

    E o tal do iníquo ainda é um mistério, rapá!!!

    Tá vendo o porquê de você estar ganhando pouco na IBL? É que ainda não tá interpretando tudo direitinho.... kkkkkkk

    ResponderExcluir
  43. Olha só que infâmia!
    Hoje em dia não se pode nem fazer um trocadilho a moda 'stand up comedy' que vem um sulista infiltardo nas regiões fluminenses 'se achando'.

    Não sei da cobertura marítma da Bispa, nem da suíte presidencial do Pastor, mas eu tô é no calorão natural de Bangu... já o castor, não deixou benécie nenhuma pra mim, pois meu sobrenome é Bernardes e não Andrade, Ok?

    Que ultraje!


    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  44. Para esse trem que eu quero desceeeeeeer!!!
    Que papo é esse?!
    Deu tilti aqui no meu genético lado loiro.
    Só sei que tô vuanu igual ao primo da Fátima.
    Mas uma coisa eu acho que entendi... Como vocês dão valor a coisas affff
    Parem com isso e sigam o meu exemplo :)

    ResponderExcluir
  45. A Fátima é prima, mas de terceiro grau Bispa, nem é mais parente!

    ResponderExcluir
  46. Santa Claus!

    Bora escrever um livro de anedotas?
    Eita povo da mente adubada, como bem diz meu digníssissississimo pastô.

    ResponderExcluir
  47. Pronto gente, desci do monte!

    Nem sei mais quem disse o quê, só sei que to rindo pacas!

    Realmente foi necessário a tal da leitura dinâmica, mas confesso que o tico e o teco ainda estão aterrisando desta longa viagem interestelar.

    Em breve vou postar o testemunho que foram estes dias de Copacabana Palace, bem como falar do instrumento para receber esta benção (e não estou sendo irônico, é real!).

    Após isso tudo, realmente creio que devemos nos reunir em Concílio no oásis (pô, pena que a banda se separou...) do René que - possívelmente - já foi agraciado com um dos (vários) imóveis cedidos gentilmente pela abençoada bispa.

    Meu faro para negócios diz que vamos nos dar bem.... uhúuu!

    ResponderExcluir

Anônimo, eu não sei quem é você, mas o Senhor te conhece muito bem. Sendo assim, pense duas vezes antes de utilizar este espaço LIVRE (poderia bloquear comentários de anônimos mas não o faço por convicção pessoal e direção espiritual) antes de ofender quem quer que seja. Estou aberto para discutimos idéias sem agredir NINGUÉM ok? - Na dúvida, leia mil vezes Romanos 14, até ficar encharcado com a Verdade sobre este assunto...