Labels

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Angústia e aflição não são para o cristão (?)


Angustia e aflição são palavras muito mal aceitas no meio evangélico. Questiona-se como pode uma pessoa que tem Jesus Cristo como seu único Senhor e Salvador sentir que algo está faltando, algo não está se encaixando, algo está doendo, algo está fora do eixo?

Quando Jesus entra em nossas vidas não acontece uma transformação total e tornamo-nos ‘filhos do Rei’, ‘cabeça e não calda’, ‘mais que vencedores’ e outros jargões evangélicos? A dor e a angústia são para quem está do lado de fora da igreja! Dúvidas são para aqueles que ainda não se encontraram!

Esta mensagem é destruidora. Eu DUVIDO que exista UM ÚNICO filho de Deus que não tenha seus momentos de crise e dor. Não aceito o peso do julgo dos religiosos que deturpam a Palavra, dizendo que quando você está em Cristo, nova criatura (ou criação, como queiram) é, pois as coisas velhas se passaram e tudo se fez novo (2 Co 5:17), e isso quer dizer para eles que no momento de nossa conversão um botãozinho é acionado do Céu em nossas vidas, tornamo-nos seres quase perfeitos aqui na terra.

Marcos 14:32-34 diz: “Então foram para um lugar chamado Getsêmani, e Jesus disse aos seus discípulos: "Sentem-se aqui enquanto vou orar".Levou consigo Pedro, Tiago e João, e começou a ficar aflito e angustiado.E lhes disse: "A minha alma está profundamente triste, numa tristeza mortal. Fiquem aqui e vigiem". Jesus, o filho de Deus encarnado, nos momentos que precederam sua morte entrou em profunda agonia. Mesmo sendo Deus, sofreu, chorou, se agoniou e nos mostrou que seu lado 100% humano era passível de todas as dores e agonias que os pobres mortais sofrem enquanto estão nesta terra.

Ele mesmo disse em João 16: 33 que "Eu lhes disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo". Aflição por acaso é sintoma de vida em paz? Quantos de nós (senão todos) ficam impotentes perante problemas diários, que vão desde uma oração por cura não respondida até ao fato de não termos dinheiro para quitar nossas dívidas?

São zilhões de situações que nos afligem! Não creio e não aceito uma mensagem vinda de qualquer irmão em Cristo que pregue a ausência de sofrimento e dor. E quando sofro e sinto dor não finjo estar vivendo de glória em glória, negando os fatos. Quando dói eu choro, quando me irritam eu fico bravo, quando me traem eu fico decepcionado.

Acho lindo quando Paulo fala sobre seu dilema em querer fazer o bem e ser impulsionado por seu corpo para o mal. Seu clamor é libertador! “Miserável homem que eu sou! Quem me libertará do corpo sujeito a esta morte”? - Romanos 7-24

Que mal há em abrir o coração e expor os medos e frustrações? Recuso-me a pregar o “evangéleo” destruidor de fé que me foi ensinado desde minha conversão. Por esta razão, menos pessoas aceitam a mensagem da Cruz, pois ela não é mais uma dose de morfina nas dores da alma. Melhor assim. Não serei cobrado do sangue das vidas que passaram pelo meu caminho, vendendo soluções mágicas que quase nunca funcionam e vendo estas vidas voltadas contra a verdadeira Mensagem, que alerta para as dores e sofrimentos que teremos por sermos embaixadores do Reino de Deus nesta terra.

Este é o Cristo que está chorando com você nos seus momentos de dor. Não é filho de um ‘deus’ manipulável e carrasco, esperando que você fale as palavras certas para determinar sua vitória. Por isso não há como sair deste caminho. Ele é verdadeiro e trás vida. Não é uma falácia, não é uma varinha mágica, uma lâmpada maravilhosa de onde sai um gênio que nos concede três desejos.

Quero que aceitem o Cristo profetizado em Isaias 53:3, que diz que “Ele foi desprezado e rejeitado pelos homens, um homem de dores e experimentado no sofrimento”, o Cristo de Lucas 9:23 que afirma a todos que "Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome diariamente a sua cruz e siga-me”. Não é fácil, mas este é um Caminho que depois que você começa a trilhar, inexplicavelmente você não consegue mais deixar para trás. Como diria o apóstolo Pedro em João 6:68: “Simão Pedro lhe respondeu: "Senhor, para quem iremos? Tu tens as palavras de vida eterna!”

Eu sofro angústias e agonias, fico muitas vezes sem resposta e continuo crendo. Tenho um ‘ombro imenso’ para acolher quem chora e chorar junto. Para mim isso é a verdadeira fé. Para mim isso é ser cristão.

Quem tiver todas as respostas para o sofrimento e dor por favor, vá se converter. Possivelmente você vive uma doutrina de ‘causa e efeito’...

Reações:

10 comentários:

  1. Há duas coisas que me incomodam na vida religiosa: os que parecem ser imunes aos sofrimentos e os que parecem estar em eterna penitência. Tudo vivido ao extremo! A vida cristã por outro lado é vivida na liberdade que só um pecador agraciado pelo divino e eterno amor pode ter. Loucos são os que não entendem isto...
    Veja meu último post "Depoimento: O amor divino não é suficiente". O que é necessário passar para que nossos olhos se abram?

    ResponderExcluir
  2. Caro João,

    Concordo plenamente contigo. Como discordar que temos aflições neste mundo deturpado e corroído pelo pecado?

    Entretanto, caro irmão, não se pode usar de simplismos. Por exemplo, sou absolutamente contra os movimentos pseudo-religiosos que pregam o triunfalismo, o "encontro com Jesus" com técnicas de autoajuda, e a autoestima "evangélico/gospel".

    Certamente também não concordo que, a pretexto de reagir contra o mal no mundo o suposto cristão se volte contra o Criador, discutindo os Seus atributos. Ora, ontologicamente o mal existe, em última instância, para que Deus possa ser glorificado. Ou então como se explicaria os "vasos de ira" de Romanos 9? Tais vasos foram criados por DEUS para que se tornassem manifestos os vasos de misericórdia. E quem discutirá com Ele? Pode a criatura discutir com o Criador?

    Em suma, Deus continua sendo Deus, mesmo com o sofrimento no mundo. E ainda assim, não se justifica que duvidemos dos Seus atributos, como resposta à nossa própria finitude.

    Nesse ponto, discordo de ti e do Gondim.

    Em Cristo, o que nos salva, a despeito do sofrimento no mundo.

    Ricardo

    ResponderExcluir
  3. Ricardo meu irmão, graça e paz!

    Eu não creio ter dado a entender que duvido dos atributos de Deus. Pelo contrário!

    Como eu disse acima: "Eu sofro angústias e agonias, fico muitas vezes sem resposta e continuo CRENDO".

    Quanto mais angustias e aflições, tanto mais me aproximo do Senhor, exatamente por não crer no evangelho das respostas fáceis.

    Tomo até a última gota do cálice sem nenhuma partícula de blasfemia de minha parte.

    Um abraço,

    JC

    ResponderExcluir
  4. Grande Tiago,

    Espero não estar dando a entender que vivo em um dos extremos, apenas estou passando por um momento em minha vida em que os alicerces estão sendo aprofundados por diversas situações particulares (a maior de todas foi a pérda de minha mãe semanas atrás, após 5 meses em coma).

    Vou entrar no seu texto, guenta aí!

    Um abraço irmão!

    ResponderExcluir
  5. estou passando por um momento de crise na minha relação e vou me casa daquim a 7 dias pois creio que deus pode restaurar minha rel~ção com minha companheira e ainda estou com depressão

    ResponderExcluir
  6. tenho uma mãe que não sabe o que é amor so me da palavras orrives estar contra eu ser evangelico e ainda so faz agravar meu problema de depressão

    ResponderExcluir
  7. vivo em fornicação faz 1 ano e agora que me decidie me casar o inimigo se levantou de uma forma que eu não sei o que é ter um dia de paz des que eu dei entrada no meu casamento ele fica querendo me confundir mas jesus não deixa

    ResponderExcluir
  8. meu querido,

    faz muito bem primeiramente em decidir oficializar sua relação. Não dê ouvidos ao inimigo, não importanto a maneira que ele venha falar com você.

    Em relação à sua mãe tenha sempre em mente que ela é SUA MÃE (desculpe aparentar simplismo...).

    Ore para que o Espírito Santo esteja constantemente atuando no coração dela (eu sei que está), por mais que agora você não consiga ver isso.

    Através de sua vida e não necessariamente por suas palavras ela será alcançada e salva.

    Fique em paz, a paz de Cristo, que excede todo o entendimento.

    Apesar de não se identificar (por motivos que respeito), estou orando por você meu querido.

    Em Cristo, que nos fortalece

    JC

    ResponderExcluir
  9. Peço oração pois em minha vida eu nunca consegui servir a Deus, eu tento más não consigo ter "afinidade" com Deus, acredito ter muita fé, porem nunca consigo me firmar já fui evangélico por 07 anos depois por uns 02 anos e agora estou afastado, pelo amor de Deus orem por mim me ajudem em nome de Jesus

    ResponderExcluir
  10. Meu querido, como costumamos dizer, "já está orado". Frequentei igreja evangélica por 16 anos ou mais. Achava que era "o canal" entre Deus e o homem, até que comecei a valorizar algumas coisas simples que aconteciam no dia a dia, mas que não tinha o "formato" da igreja "templo": A comunhão entre os irmãos, o Espírito Santo falando diretamente comigo, o "não permitir de Deus" em cursar teologia (Ele me dizia que "se eu quisesse continuar ouvindo a Ele, teria que parar de tentar me enquadrar")entre outras coisas.

    Você acha que não conseguia servir à Deus mas... na boa: Sempre serviu, mesmo se sentindo o que o apóstolo Paulo dizia "o pior dos pecadores".

    Te digo uma coisa: Se você estiver tentando se firmar na igreja evangélica (não se escandalize) e Deus tem "algo mais" para fazer através de sua vida, você NUNCA vai se firmar neste padrão humano.

    Ele quer mais de você, Ele tem falado com você e você tem cruzado o que o Espírito Santo te fala com o que a instituição evangélica adoecida diz ser o "padrão de um crente"...

    Podem me chamar de herege, mas não sou o único, pode ter certeza. Jesus hoje seria herege e quem o mataria seriam os evangélicos.

    Sei que você sabe do que estou falando. Se você tentar se ver pelos olhos dos homens, viverá totalmente em crise. Entretando, se você tiver HOJE as escamas caídas de seus olhos, verá tua vida com os olhos de Deus, aquele que você acha que não tem afinidade pelo fato de apenas o imaginar como este "deus dos evangélicos" (com dê minúsculo mesmo).

    Ele não habita em templos, Ele não se limita à compreensão humana, hora ele cura cuspindo no chão e passando lodo nos olhos de um homem, ora ele apenas diz "que seja feito de acordo com sua fé".

    Meu querido, meu email pessoal é: superjotasan@gmail.com

    Queria que você falasse mais sobre o que está acontecendo. Me passa seu telefone, vamos conversar, vamos orar juntos.

    Neste meio tempo, aconselho você a entrar no site de um pastor abominado pelos evangélicos, o Caio Fábio. Ele tem pregado o EVANGELHO como nunca vi nenhum pastor pregar. Sem hipocrisia, sem pudor, sem religiosidade.

    Isso assusta, mas é libertador! Anote aí: www.vemevetv.com.br

    Te amo em Cristo MEU IRMÃO. Ele também te ama! Você não está sozinho, pode ter certeza!!!!!

    ResponderExcluir

Anônimo, eu não sei quem é você, mas o Senhor te conhece muito bem. Sendo assim, pense duas vezes antes de utilizar este espaço LIVRE (poderia bloquear comentários de anônimos mas não o faço por convicção pessoal e direção espiritual) antes de ofender quem quer que seja. Estou aberto para discutimos idéias sem agredir NINGUÉM ok? - Na dúvida, leia mil vezes Romanos 14, até ficar encharcado com a Verdade sobre este assunto...