Labels

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Pai, fala pra mim...

A grande dor que tem me esmagado nos últimos dias é fruto de uma dúvida muito pessoal. Na verdade tenho relutado em escrever sobre ela, de tão íntima que se trata. Meu peito dói, tenho vontade de chorar, clamo aos céus por uma resposta, peço apenas um sinal, mas nada. Até agora, apenas o silêncio ensurdecedor.

Fico acabrunhado, introspectivo, beirando a depressão. Não me critiquem por favor, apenas sou sincero. Desejo que os céus se abram e de lá desça um anjo de Deus com minha resposta, que um irmão receba a palavra revelada e me entregue, que eu durma e tenha o sonho da resposta que tanto quero.

Tudo isso já vi acontecer comigo em relação a outras pessoas. Deus já fez isso através de mim, não para mim. Pessoas amadas por Deus e por mim acabaram recebendo a resposta que hoje peço. Eu próprio já recebi este tipo de resposta, mas para dar a outros. Eu vi os céus abertos para outras pessoas, vi a mão de Deus tocando vidas de amigos muito queridos, acompanhei o momento da passagem em sonhos enquanto eles aconteciam na vida real.

Deus trouxe conforto aos outros através da minha vida. De tabela, irmãos muito amados trouxeram conforto para pessoas próximas a mim. Vi livramentos, palavras proféticas se cumprindo. Tive revelações extraordinárias (nada de novas doutrinas, calma) e tive confirmação da veracidade delas momentos após.

Vi o extraordinário de Deus acontecendo. Fui instrumento de paz e conforto para outros, até mesmo para desconhecidos que encontrei pelas ruas. Palavras reveladas saíram de minha boca. Afofei muitos leitos de enfermos para que tivessem um pouco de conforto. Agora estou aqui, olhos marejados de lágrimas, escrevendo algo que agora vejo que se trata de uma oração ao Pai, um clamor...

Pai, Eu preciso saber! Assim como vi o Senhor falar para outros a respeito deste assunto, trazendo conforto e paz para pessoas queridas, peço em Nome de Jesus que caia uma migalha de sua mesa para mim. Uma palavra Pai. Um sonho, um versículo, um irmão que se levante e fale. Basta uma palavra e ficarei em paz.

Reações:

8 comentários:

  1. Meu irmão,

    Às vezes Deus fala muito mais alto no silêncio ensurdecedor. Nós é que não sabemos lê-lo, muitas vezes. Estou te dizendo isto de cátedra, pois também passo por um momento assim: muita oração e nenhuma resposta aparente. Aflição e nenhum remédio curativo que tenha resultado imediato.

    No entanto, o silêncio nos faz refletir - e nessa reflexão Deus está nos respondendo. Nós é que não sabemos apreender Deus, pois Ele é muito maior do que nós, "os seus pensamentos são mais altos". Pode ser que a sua resposta já tenha sido dada, mas você só venha a compreendê-la daqui a algum tempo. É que o tempo não existe para Deus, só tendo relevância para nós, limitados que somos.

    Não se desespere, a sua resposta chegará. Aprenda a tentar vê-Lo no silêncio, pois as suas respostas podem estar nele, refletido nas ações de outras pessoas que lhe rodeiam. O importante é saber que o Eterno está conosco, nos assistindo e nos contemplando, mesmo quando somente "ouvimos" o silêncio.

    Que Deus, na sua imensurável misericórdia, acalme o teu coração e acalente o teu espírito, caro irmão.

    NEle, que jamais abandona quaisquer dos seus.

    Ricardo

    ResponderExcluir
  2. Oi, quero compartilhar com vc algo que li. No texto Deus dizia: Eu crio um bem incrivel a partir de tragédias indescritíveis,mas isso não significa que eu as orquestre. Nunca pense que o fato de eu usar algo para um bem maior significa que eu o provoquei ou que preciso dele para realizar meus propósitos. A graça não depende da existência do sofrimento, mas onde há sofrimento vc encontrará a graça de inúmeras maneiras. Independente do que sinta no momento Eu nunca o deixei, quando tudo que consegue ver é sua dor, talvez vc perca a visão de mim, pois a dor tem a capacidade de cortar suas asas e te impedir de voar e não é isso que eu quero pra vc. Exatamente no centro do meu amor é onde vc estar agora e eu te criei originalmente para voar. Quero que saiba que estão acontecendo muito mais coisas que vc possa imaginar ou entender. Mas procure usar ao máximo a confiança que tiver em mim, mesmo que ela seja pequena, está bem? Estou aqui e quero ajudá-lo a se arrastar para fora da dor.
    NãO HÁ SOFRIMENTO NA TERRA QUE O CÉU NÃO POSSA CURAR, ABRA AS ASAS E VOE.
    Novo mundo - grande horizonte.
    Abra os olhos e veja que é verdade.
    Novo mundo - do outro lado das assustadoras ondas azuis. - David wilcox.

    ResponderExcluir
  3. Ricardo, Ana Cláudia, amados irmãos...

    Obrigado por perderem seu tempo comigo (brincaderia).

    Deixe eu abrir meu coração: A dúvida que tem me consumido é que minha mãe foi católica a vida inteira, daquelas de se ajoelhar perante imagens de santos. Preguei a vida toda pra ela depois que me converti sem resultados tangíveis (aquela história do profeta não ser bem recebido em sua casa, no meio de sua parentela, blá, blá,blá) e após o derrame (5 meses em coma total antes de morrer) todas as vezes que saí do Rio para São Paulo e fui ao hospital reapresentei o plano de salvação para ela.

    Pessoalmente creio em sua salvação por dois ou três fatores (talvez os achem pouco consistentes, eu também, e esta é a razão de meu sofrimento):

    1) Um fiapo de esperança baseado em uma passagem bíblica fora do contexto: Isaías 55:11 que diz "Assim será minha palavra, que sair da minha boca. Ela não voltará para mim vazia, mas cumprirá tudo o que me apraz". O único livro que ela leu durante sua vida foi uma Bíblia letra gigante que dei para ela em um dia das mães. Ela vivia comentando passagens comigo, do jeito dela tadinha.

    2) Outra passagem bíblica meio fora do contexto (Atos 16:31): "Crê no Senhor Jesus e será salvo tú e tua casa". Sei que é uma promessa específica pro carcereiro, mas...

    3) Nesse processo de coma, havia algumas reações faciais estimuladas por coisas que falávamos para ela. Um vez cheguei ao hospital e ela estava com febre. Orei por ela e pedi que ela também orasse. Coloquei-a em ação, digamos assim, pedindo que ela se lembrasse de tudo o que leu, e que desse liberdade ao Espírito Santo para agir na vida dela. Ela, sem abrir os olhos, rangia os dentes e tremia. 5 minutos depois a febre cedeu.

    Paralelo a isso, devo dizer que durante minha caminhada cristã, vi duas situações que me impactaram muito em relação à morte:

    1) O pai de minha ex-esposa não tinha religião. Leu a Bíblia e morreu sem aparentemente ter tomado posição em relação a Deus. Certa vez estava eu, ela e um irmão que não sabia sobre o pai dela. Em nossa converssa Deus começou a usá-lo e ele falava EM PRIMEIRA PESSOA: "Você pergunta em seu coração se seu pai está comigo. Eu falo para você que sim. Ele está comigo na glória". Situação semelhante aconteceu em um culto numa igreja tradicional. Do pulpito o pregador soltou a mesma palavra para ela, também sem a conhecer.

    2) Um amigo sofreu um acidente e entrou em coma total. Recém convertido, saí pedindo oração em todas as igrejas evangélicas que passava na frente. Um certo sabado, final de madrugada, início da manhã, sonhei com o Céu aberto, Jesus aparecendo por entre as nuvens e estendendo a mão, até alcançar a mão do meu amigo, que a segurou e foi levado assim pro Céu. Momentos depois acordei com uma amiga no portão chorando, dizendo que nosso amigo havia morrido na mesma hora que tinha tido o sonho.

    Esta a razão de eu ousar pedir a Deus um sinal. Eu vi acontecendo com outros. Sei que Ele pode agir de maneira diferente comigo, mas ajo como filho que tem liberdade com o Pai, somente isso...

    Espero que me entendam... Agradeço as palavras de conforto, são sempre muito bem vindas

    Em Cristo, que nos une

    JC

    ResponderExcluir
  4. Ok, RSRSRS. Sei que a intimidade que tem com o Pai te trará o que precisa. É que sou impulsiva,pretenciosa, enfim ser humano, sabe? RSRSRS e tenho passado por alguns processos também, e fico querendo compartilhar coisas que tenho recebido e que de certa forma me trás algum alento.Quando na verdade sabemos que o unico que pode trazer satisfação para nossa alma e a resposta certa é o Aba. O sinal chegará, . Olha, gosto muito da forma que escreve, e acredito que todo os processos que tem vivido servirá como uma ferramenta poderosa nas maõs de Deus para abençoar muitas vidas, beleza? Fica na paz irmão.
    .....pronto, falei é isso, rsrsrs

    ResponderExcluir
  5. Caro João,

    Foi muito bom ouvir o seu desabafo. E deve ter sido bom pra você também. Ouça o seu coração. Mas uma coisa é certa, a sua mãe teve tempo para o arrependimento e, consequentemente, estar com Ele. Acredite nisso.

    Nunca devemos nos esquecer que a graça independe de nós, pois vem de Deus (Efésios 2:8-9), diretamente dos mananciais celestiais. Prova maior disso é a escolha do ladrão na cruz, que nunca teve tempo para a santificação, antes, vivendo uma vida dissoluta, mas está com Ele.

    Você pregou para a sua mãe e ela deve ter ouvido. Você pediu a Deus e Ele também deve ter ouvido. Acredite nisso e viva em paz, meu irmão.

    Fique na paz de Cristo.

    Faça uma visita ao meu blog, escrevi um texto hoje de manhã sobre essa tua angústia.

    NEle, que acalma os corações dos Seus servos.

    Ricardo

    ResponderExcluir
  6. Olha irmão.. peço encarecidamente que não me leve a mal.. mas meu mano.. sua angústia não tem sustentação.
    Sua mãezinha está com o Senhor com certeza. Não é retenção exclusiva dos evangélicos a salvação meu irmão, essa é uma prerrogativa daquele que crê em Jesus Cristo. E pelo O que você fala, ela creu.
    Fique em paz e na PAZ.

    ResponderExcluir
  7. Não te levo a mal de maneira nenhuma!

    É o que creio, apenas está tudo muito recente. Gostaria de ter tido o prazer de ter visto o que muitos já viram: A pessoa confessar publicamente a fé no Senhor e Salvador, batismo, estas coisas.

    Por outro lado creio que, assim como o ladrão na cruz, ela teve seu momento de crer...

    Repito: Apenas gostaria de ter visto a confissão pública.

    Um abraço meu irmão!

    ResponderExcluir

Anônimo, eu não sei quem é você, mas o Senhor te conhece muito bem. Sendo assim, pense duas vezes antes de utilizar este espaço LIVRE (poderia bloquear comentários de anônimos mas não o faço por convicção pessoal e direção espiritual) antes de ofender quem quer que seja. Estou aberto para discutimos idéias sem agredir NINGUÉM ok? - Na dúvida, leia mil vezes Romanos 14, até ficar encharcado com a Verdade sobre este assunto...