Labels

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Basquete, torção, (...), artroscopia, 100%!!!


"E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito" - Romanos 8-28

Na minha juventude gostava muito de jogar basquete no Parque do Ibirapuera. Um belo dia recebi a bola, girei em meu eixo apoiado na perna esquerda à procura de alguém a quem eu passaria a bola MASSSS... meu pé ficou fixo no chão. Só o joelho girou (torceu) para o lado.

Caí gritando e chorando de dor na quadra. Pararam o jogo e um dos companheiros de time falou: "$¨¨#@%@@*!!! Isso dói demais!!!"

Como não tinha convênio médico e não costumava usar o serviço público, deixei o joelho se "recuperar" sozinho, apesar da intensa dor. Vez ou outra acontecia alguma outra torção, e se passavam longos meses de convívio com a limitação gerada pela situação não resolvida na época.

Nos últimos anos voltei a malhar, correndo uma hora todo dia sem sequer um pingo de dor.

No início deste ano, após um mergulho no mar, estava saíndo da água quando uma onda me pegou nas costas bem próximo à margem. Para não cair fixei os pés na areia, que seguraram meus pés enquanto a onda me derrubava. Devido a este último incidente, passei o ano de 2010 lutando com a dor, enquanto fazia fisioterapia, me entupia de medicamentos e fazia uma série de musculação específica para fortalecimento e recuperação do joelho.

Como sou muito curioso, fucei muito sobre o melhor tratamento e influenciei diretamente meu ortopedista a fazer uma astroscopia. Consegui convencê-lo a menos de 20 dias.

Marquei a cirurgia, fiz os exames pré-operatórios e na última quarta feira, 3 de Novembro, me internei às 6 da manhã, operei o joelho e saí andando normalmente às 4 da tarde.

Ontem, fui à academia com minha mulher (apenas para acompanhá-la). Hoje, acabo de voltar do banco e do mercado.

Meu joelho está 100% recuperado. Nenhuma sensação de falseio, que te obriga a controlar o limite dos movimentos para não haver nova torção. Nenhuma dor, nenhum inchaço.

Escrevo isso para glorificar o Nome de Jesus. Em minha oração antes de me internar pedi à Ele que o RESULTADO da cirurgia fosse alcançado. E foi.

Amanhã retorno ao médico para tirar os 3 pontos (um em cada parte do joelho). Espero voltar ao trabalho já na segunda feira (não gosto de "viver de atestados"). Assim que possível, volto a malhar. Assim que possível 2 - A Missão - volto a correr minhas "uma horinhas" diárias.

Deus é maravilhoso!!!!!!!!!

Reações:

4 comentários:

  1. Pastor,

    Senti a falta do casal mas sabia :)

    Esse relato me faz reviver de certa forma, o drama do meu filhote. Sim, porque como te falei ele se operou três vezes (Sendo que das duas primeiras por duas antas que "se achavam" rss) Interessante é que das outras duas vezes, no pós cirurgia ele ficou sem andar, usou muleta, fez fisio e tal. Nessa última ele já saiu andando do hospital. Normal. Até hoje rss
    Com um mês, se não me engano, ele comemorou com uma pelada, euzinha mesma fui prestigiar(eu que num entendo lhufas de futebol he he)
    Então, alguém poderia perguntar: por que esse percurso mais complicado? Afe!
    Explico: esse último não constava na lista de credenciados e teve que ser na base do "cash" ao vivo e em cores. Como te falei anteriormente, ele é "o cara" em joelho, referência no Brasil e até no exterior.( E do NE rss)
    Mazenfim... Deus permite essas coisas para que possamos glorificar o Seu Nome!
    Amém!
    Deus te abençõe! (e me convida pra pelada rss)
    R.

    ResponderExcluir
  2. Que bom que o joelho já está novo e pronto para aquentar o perna de pau que você deve ser com uma bola nos pés...kkkkkkkkkkkkkkk

    foi mal, pastor, desculpa a brincadeira....rs

    ResponderExcluir
  3. Edu,

    Parece que o atleta aí é bom é no basquete rss

    ResponderExcluir
  4. Bom dia gentes!

    Não era nem bom nem mal jogador de basquete. Apenas reuníamos os amigos para passar o tempo na quadra. Dava pro gasto!

    Fruto do basquete, tenho também um monte de fragmentos de osso espalhados no dedo mindinho da mão esquerda. A bola bateu de frente e esmigalhou tudo lá dentro!

    No futebol, sempre fui bom goleiro. Digo BOM goleiro, jogava nos campeonatos escolares e catava muito!!!

    É isso...

    Muito obrigado pelas mensagens de incentivo!

    ResponderExcluir

Anônimo, eu não sei quem é você, mas o Senhor te conhece muito bem. Sendo assim, pense duas vezes antes de utilizar este espaço LIVRE (poderia bloquear comentários de anônimos mas não o faço por convicção pessoal e direção espiritual) antes de ofender quem quer que seja. Estou aberto para discutimos idéias sem agredir NINGUÉM ok? - Na dúvida, leia mil vezes Romanos 14, até ficar encharcado com a Verdade sobre este assunto...