Labels

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Diga-me com quem você anda para eu decidir se te sigo ou não...


Testifiquei, tanto a judeus como a gregos, que eles precisam converter-se a Deus com arrependimento e fé em nosso Senhor Jesus. Agora, compelido pelo Espírito, estou indo para Jerusalém, sem saber o que me acontecerá ali. Só sei que, em todas as cidades, o Espírito Santo me avisa que prisões e sofrimentos me esperam. Todavia, não me importo, nem considero a minha vida de valor algum para mim mesmo, se tão-somente puder terminar a corrida e completar o ministério que o Senhor Jesus me confiou, de testemunhar do evangelho da graça de Deus. Agora sei que nenhum de vocês, entre os quais passei pregando o Reino, verá novamente a minha face. Portanto, eu lhes declaro hoje que estou inocente do sangue de todos. Pois não deixei de proclamar-lhes toda a vontade de Deus. Cuidem de vocês mesmos e de todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo os colocou como bispos para pastorearem a igreja de Deus que ele comprou com o seu próprio sangue. Sei que, depois da minha partida, lobos ferozes penetrarão no meio de vocês e não pouparão o rebanho. E DENTRE VOCÊS MESMOS SE LEVANTARÃO HOMENS QUE TORCERÃO A VERDADE, A FIM DE ATRAIR OS DISCÍPULOS. Por isso, vigiem! Lembrem-se de que durante três anos jamais cessei de advertir cada um de vocês disso, noite e dia, com lágrimas. Agora, eu os entrego a Deus e à palavra da sua graça, que pode edificá-los e dar-lhes herança entre todos os que são santificados”. – Atos 20:21-32

A mensagem do Evangelho é simples. Caminhar nos caminhos do Senhor alegra a vida, alegra a alma, nos preenche, nos faz sermos seres melhores, mais humanos em relação ao nosso próximo, exatamente por passarmos a nos ver como somos vistos pelo Pai, reconhecendo assim que nosso próximo é tão frágil e falho quanto nós. Também nos traz tribulações, sofrimentos e dores. Mas nada se compara à alegria de estarmos caminhando com Jesus.

Recebemos este Evangelho de pessoas que receberam de outras pessoas, que receberam de outras... Isso começou a dois mil anos atrás, quando Jesus instruiu os discípulos a espalhar as boas novas em todos os cantos do mundo, fazendo discípulos de todas as nações (Mt 28.19).

Hoje, procuramos anunciar o Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo das mais variadas formas e nos mais diferentes locais. No trabalho, escola, vizinhança, mundo virtual. As oportunidades são diversas. Cada dia que passa, procuramos nos esmerar para que nossas palavras sejam lidas, ouvidas e – acima de tudo – que nosso testemunho de vida sirva para que o Nome de Jesus seja glorificado.

Isso envolve um preço. Encontramos em nosso caminho todo tipo de gente. Algumas ouvem as boas novas e a rechaçam. Outras estão tão envolvidas em suas racionalizações humanas que a relativiza, zomba, ridiculariza. Poucos são os que recebem a palavra e a guarda em seus corações.

Pior que tudo, são aquelas pessoas que começaram no Caminho, "cresceram" (incharam define melhor) e acabaram por abandonar a Verdade, sua relação com Jesus. E é para estes que posto este texto, mesmo sabendo que, como eu costumo dizer, “A PIOR MERDA É PREGAR PRA (EX)CRENTE.”

Como é difícil lidar com aqueles que andavam com Jesus e se orgulharam de seu conhecimento intelectual da Palavra, a ponto de rejeitá-la! Como diz o autor de Hebreus, capítulo 10, versos 26 ao 38:

Se continuarmos a pecar deliberadamente depois que recebemos o conhecimento da verdade, já não resta sacrifício pelos pecados, mas tão-somente uma terrível expectativa de juízo e de fogo intenso que consumirá os inimigos de Deus. Quem rejeitava a Lei de Moisés morria sem misericórdia pelo depoimento de duas ou três testemunhas. QUÃO MAIS SEVERO CASTIGO, JULGAM VOCÊS, MERECE AQUELE QUE PISOU AOS PÉS O FILHO DE DEUS, PROFANOU O SANGUE DA ALIANÇA PELO QUAL ELE FOI SANTIFICADO E INSULTOU O ESPÍRITO DA GRAÇA? Pois conhecemos aquele que disse: "A mim pertence a vingança; eu retribuirei" e outra vez: "O Senhor julgará o seu povo". "Terrível coisa é cair nas mãos do Deus vivo"! Lembrem-se dos primeiros dias, depois que vocês foram iluminados, quando suportaram muita luta e muito sofrimento. Algumas vezes vocês foram expostos a insultos e tribulações; em outras ocasiões fizeram-se solidários com os que assim foram tratados. Vocês se compadeceram dos que estavam na prisão e aceitaram alegremente o confisco dos seus próprios bens, pois sabiam que possuíam bens superiores e permanentes. Por isso, não abram mão da confiança que vocês têm; ela será ricamente recompensada. Vocês precisam perseverar, de modo que, quando tiverem feito a vontade de Deus, recebam o que ele prometeu; pois em breve, muito em breve "AQUELE QUE VEM VIRÁ, E NÃO DEMORARÁ. Mas o meu justo viverá pela fé. E, SE RETROCEDER, NÃO ME AGRADAREI DELE”. Nós, porém, não somos dos que retrocedem e são destruídos, mas dos que crêem e são salvos”.

Por esta razão, citei o capítulo 20 do Livro de Atos que – para alguns – “não é Escritura”. Por “andarem em más companhias”, também movidos por seus próprios desejos reprimidos, passaram a “intelectualizar” a Verdade. Assim, estão caminhando cegamente para o fogo eterno. Em determinado momento, Paulo fala:

“Sei que, depois da minha partida, LOBOS FEROZES PENETRARÃO NO MEIO DE VOCÊS E NÃO POUPARÃO O REBANHO. E DENTRE VOCÊS MESMOS SE LEVANTARÃO HOMENS QUE TORCERÃO A VERDADE, A FIM DE ATRAIR OS DISCÍPULOS”.


Como pode o deus deste século conseguir cegar alguns que conosco estiveram? Pessoalmente creio que quem diz que “era crente, mas não é mais” na verdade NUNCA FOI.Por esta razão, prego o arrependimento de pecados também para estes.

À mim, resta o conselho de Paulo à Timóteo:

“Na presença de Deus e de Cristo Jesus, que há de julgar os vivos e os mortos por sua manifestação e por seu Reino, eu o exorto solenemente: PREGUE A PALAVRA, esteja preparado a tempo e fora de tempo, repreenda, corrija, exorte com toda a paciência e doutrina. POIS VIRÁ TEMPO EM QUE NÃO SUPORTARÃO A SÃ DOUTRINA; ao contrário, sentindo coceira nos ouvidos, JUNTARÃO MESTRES PARA SI MESMOS, SEGUNDO SEUS PRÓPRIOS DESEJOS. Eles SE RECUSARÃO A DAR OUVIDOS À VERDADE, VOLTANDO-SE PARA OS MITOS. Você, porém, seja moderado em tudo, suporte os sofrimentos, faça a obra de um evangelista, cumpra plenamente o seu ministério”. - 2Timóteo 4:1.5

Que o Espírito Santo convença à todos que lerem estas palavras a “voltarem” ao Caminho. Caso contrário...

Reações:

10 comentários:

  1. Caraca, Pastor.

    É por isso que eu digo quem é meu pastor (aqui na Terra e no blog)

    Precisamos rever urgentemente nossos conceitos para nossa própria saúde mental e assim sairmos do extremismo de, ou amar a Paulo como se ele fosse a quarta pessoa da Trindade rss, ou odiá-lo como se ele tivesse criado e imposto normas rígidas que sufocam nossa alma e que nada têm a ver com o Evangelho.

    E esse trecho de Atos simplesmente DERRUBA qualquer argumento de que Paulo é dono de religião, de doutrina ou coisa que o valha.

    Só não entende quem RESISTE em se despir do fundamentalismo doentio...

    "Como pode o deus deste século conseguir cegar alguns que conosco estiveram?"

    Dessa lapada precisamos todo dia para não cairmos em seduções e convites distorcidos.

    Obrigada pelo texto tão denso e em função da Verdade que liberta.

    Deus te abençõe!!!

    ResponderExcluir
  2. E essa ilustração é chocante, só não vê quem não quer...

    Aos que se escandalizam e até debocham só podemos repetir chorando, as palavras de Jesus:

    "Deixai-os; são cegos, guias de cegos. Ora, se um cego guiar outro cego, cairão ambos no barranco." (Mt 15.14)

    ResponderExcluir
  3. Rê...

    Confesso que foi difícil escrever este texto. Ao mesmo tempo, se eu não o fizesse, teria que prestar contas com Aquele que me comissionou.

    Não quero que o sangue de ninguém seja cobrado de minhas mãos (Ez. 33).

    Como disse antes em algum lugar semana passada (num me alembro.... rsrs), levo minha vida bem na boa, me divirto, não sou fariseu, religioso, MAAAAAAAAASSSSSSSS...

    Mas não brinco com os valores eternos.

    Alguns pensam que este assunto é apenas mais unzinho qualquer. Não estamos falando de cores preferidas, time de futebol ou tipo de tempero preferido. Estamos falando do destino de almas!

    Muitos blogueiros devem tomar muito cuidado com a maneira desleixada com que tem se manifestado. Parece que não conhecem a história do cristianismo. Estão tentando derrubar a Verdade contida na Bíblia e que vem sendo contestada desde "antes". Só tem um "detalhe": Até hoje ela permanece incólume, irrepreensível.

    Esta merda desta internet pode ser a maneira com que serão a pedra de tropeço de várias almas incautas.

    Eu não vou me calar. Vou postar vídeo de rock, vou falar abobrinha, vou fazer comentários que nem sempre serão bem aceitos, mas (DE NOVO MAS) não serei cúmplice daqueles que colocam tantos que já chegam fracos à perdição eterna.

    1 Co.9:16 diz:

    "Contudo, quando prego o evangelho, não posso me orgulhar, pois me é imposta a necessidade de pregar. Ai de mim se não pregar o evangelho!"

    ResponderExcluir
  4. João, te acho um cara bem bacana, com um humor inteligente, com o único defeito de acreditar que alguém vai queimar eternamente num fogo que nunca se apaga...

    gostaria muito de comentar este teu texto que está muito interessante. mas como você não me respondeu e nem aceitou as minhas desculpas no meu comentário anterior, creio que não é do seu agrado conversar aqui, com este crente-descrente. é, dá prá entender? rssssssssss bem, se o fogo do inferno é para os descrentes, talvez para os crentes-descrentes como eu deverá haver castigo mais brando.

    falando sério, (pois eu sei que você é um cara sério no que acredita e eu respeito isso), este é o último comentário que faço no seu blog(infelizmente, já que você está me ignorando) mas continuarei vindo aqui ler seus textos, quem sabe eu me reconverto para a fé conservadora que sabemos, é a única possível para agradar a Deus?

    abraço

    ResponderExcluir
  5. Paulo dá orticária em alguns, eu casco o bico.
    Nem Paulo me afasta do Senhor Jesus.

    Dudu,
    o João é tipo de gente da melhor qualidade, é feito de amor e compreenssão.
    Você é respeitosos e acima disto é um educador, desbravar o conceitos, desnudar as crenças, é o ar que você respira.
    Eu sei que você pode entender que outros funcionam de outra forma e processam a vida pelo viez da emoção e razão.

    beijos e abraços

    ResponderExcluir
  6. Eduardo, meu querido.

    Não são todos os textos que eu escrevo que você comenta. Não são todos os comentários que eu faço que você replica. Então, mais uma vez, não te entendo.

    Você sabe que eu escrevi este texto devido a tudo o que vem acontecendo nos últimos dias na "blogosfera".

    Só estou escrevendo isso pelo fato do Espírito Santo estar cobrando que eu pregue a Palavra a VOCÊ e àqueles que você tem influenciado, para o bem ou para o mal.

    Jesus te ama, morreu na Cruz para pagar seus pecados e Ele tem cochichado comigo que não devo me calar em relação à você, pois tu és (gostou do tempo verbal?) muito precioso para Ele.

    Te digo também: Eu te amo, sem te conhecer.

    Você precisa perdoar as pessoas que te tiraram do Caminho.

    Eu mesmo já me decepcionei muito com muitos, mas NUNCA achei que o problema era o Senhor e Sua Palavra. Sabia que se tratava de homens pecadores e cheios de defeito.

    Ele nunca me decepciona. Os outros sim, sempre.

    Nem por isso desisto da raça humana.

    PS: Não sei se você está notando, mas quem está falando com você morreu na Cruz por sua preciosa vida.

    Mais uma vez: Eu te amo, Jesus também...

    ResponderExcluir
  7. Quanto a este trecho do seu comentário,

    "creio que não é do seu agrado conversar aqui, com este crente-descrente. é, dá prá entender? rssssssssss bem, se o fogo do inferno é para os descrentes, talvez para os crentes-descrentes como eu deverá haver castigo mais brando",

    Lembra-te do que está escrito:

    "A quem muito foi dado, muito será cobrado" - Lucas 12:48

    Volte logo para os caminhos do Senhor meu amado...

    ResponderExcluir
  8. Dri, minha amada apóstola...

    Num rola só emoção não, rola também "unção" (risos).

    De vez em quando tem que falar a verdade, senão apanho do Papai (risos again...).

    ResponderExcluir
  9. João, sei que você está fazendo o que acha certo: pregar para mim que sou cristão desde que me entendo por gente. já tive esse fervor e esse amor todo que você tem por jesus. já quase fui também um pastor. preguei muito, dei muita aula, fiz teologia, dei aula em seminário...ou seja, estive envolvido com o cristianismo e com jesus até o pescoço durante os últimos 30 anos...rsssssss

    ninguém me fez nada. ninguém me tirou do caminho. eu não estou fora do caminho. os evangelhos ainda são para mim hoje, fontes de alimento espiritual.

    leio e estudo mais a bíblia do que muitos que se dizem no "caminho". não digo isso com nenhuma soberba besta. eu só não sou condicionado por ninquém. (ou tento não ser, mas sei que sou, sempre somos...rsss), pelo menos não sou mais condicionado pelos que se acham dono da verdade sobre deus, sobre jesus e sobre a bíblia.

    respirei teologia e doutrina bíblica por anos da minha vida. tenho centenas de livros teológicos e lí outras dezenas deles. grande coisa, né? rsss pois é, também não acho grande coisa...

    o que me tirou do caminho ortodoxo e quando digo ortodoxo estou dizendo do caminho dos que acreditam que vão andar em ruas de ouro no céu e que os inimigos de deus queimarão no inferno e que jesus morreu para salvar somente aqueles que ele escolheu(na versão calvinista) ou por todos aqueles que creiam nele(na versão arminiana).

    o que me tirou da ortodoxia não foi nenhum herege e nenhum ateu. foi a própria bíblia...

    tenho consciência que jamais influenciei ninguém para o mal. busco sempre o bem apesar de nem sempre encontrá-lo em mim. mas é claro que para alguns, não ser crente como eles são é um mal. quanto a isso não posso faze nada, cada um que pratique o seu bem.

    nunca estive tão tranquilo a respeito da minha fé e não condeno e não demonizo a fé de ninguém.

    mas gosto de usar minha razão. ela, junto com a bíblia, foram os instrumentos que me levaram a sair da ortodoxia.

    como pôde a bíblia me fazer sair da ortodoxia? bem, deixa esse papo para outro dia.

    abraços

    ResponderExcluir
  10. Eduardo,Rapaiz...não concordo com os seus pensamentos...
    mass esse aki....busco sempre o bem apesar de nem sempre encontrá-lo em mim....foi demais

    ResponderExcluir

Anônimo, eu não sei quem é você, mas o Senhor te conhece muito bem. Sendo assim, pense duas vezes antes de utilizar este espaço LIVRE (poderia bloquear comentários de anônimos mas não o faço por convicção pessoal e direção espiritual) antes de ofender quem quer que seja. Estou aberto para discutimos idéias sem agredir NINGUÉM ok? - Na dúvida, leia mil vezes Romanos 14, até ficar encharcado com a Verdade sobre este assunto...