Labels

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Puxa-saco de Deus!


Ontem a noite estava falando sobre tudo o que tem acontecido em minha vida e ao meu redor: As tribulações, as dores, as decepções, as frustrações, as orações não respondidas, as curas não recebidas, as portas na cara, as traições dos ‘amigos’... Tanta coisa ao mesmo tempo, me jogando para um lado e para outro, como se estivesse nadando dentro de um liquidificador gigante, lutando desesperadamente para não afundar e ser triturado pelas lâminas.

Pude ver que tinha vários motivos para seguir o conselho da mulher de Jó, no capítulo 2, verso 9: “Então sua mulher lhe disse: Ainda reténs a tua integridade? Blasfema de Deus, e morre!”

Quando este texto veio à minha mente, meus olhos se encheram de lágrimas. Um aperto em meu peito, uma sensação de vazio. Ficar longe do meu Pai? Não tem como! Não sirvo a Deus pelo o que Ele faz ou deixa de fazer por mim, e sim por quem Ele É.

O Deus de Abraão, Isaac e Jacó. O grande EU SOU, que se apresentou assim a Moisés. Ele tem cuidado de mim. Por mais que as circunstâncias digam não, eu vejo sua mão poderosa sobre mim. Foi uma experiência maravilhosa esta de tentar pensar na possibilidade de viver longe de Deus e sentir que estou algemado a Ele eternamente. Tenta correr de Deus! Se você conseguir cuidado! Há alguma coisa errada em tua relação com Ele...

Lá estava eu: Uma taça de vinho na mão, sentado no sofá, olhando para o nada e chorando silenciosamente. Deus ali comigo, eu dentro dEle, Ele dentro de mim (Deixa eu tomar cuidado com as palavras, senão vão me chamar de herege. Quem estava dentro de quem não sei explicar...)

Este caboclo aqui está perdidamente apaixonado pelo Deus Eterno. E o Deus EU SOU não deixa que ele vá para longe dEle, pois também o ama! Isso é loucura para os que não sabem o que é isso. Senti o que Pedro deve ter sentido quando, em João 6: 68, ele disse a Jesus: "Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna!"

Fiquei pensando nas pessoas que não amam este Deus. Não entra em minha cabeça imaginar uma pessoa conhecer o Deus da Bíblia e não amá-lo. Deu vontade de fazer uma placa daquelas de ‘homem sanduíche’ com os dizeres ‘AME A DEUS ACIMA DE TUDO! e sair pelas ruas, feito louco. Sinto-me um puxa-saco de Deus. Quero amá-lo cada vez mais. Não existe ‘droga’ mais poderosa do que a que utilizei ontem a noite, nesta experiência louca que tive com Deus.

Não sei se isso está fazendo sentido para vocês, mas quero muito que todos experimentem esta... esta.... não dá, não tem como definir isso...

A carta de Paulo aos Romanos, capítulo 8, fez sentido para mim como nunca havia feito antes:

“Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus. Porque a lei do Espírito da vida, em Cristo Jesus, te livrou da lei do pecado e da morte.

Porquanto o que era impossível à lei, visto que se achava fraca pela carne, Deus enviando o seu próprio Filho em semelhança da carne do pecado, e por causa do pecado, na carne condenou o pecado, para que a justa exigência da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito.

Pois os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito. Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz. Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem em verdade o pode ser; e os que estão na carne não podem agradar a Deus.

Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele. Ora, se Cristo está em vós, o corpo, na verdade, está morto por causa do pecado, mas o espírito vive por causa da justiça. E, se o Espírito daquele que dos mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dos mortos ressuscitou a Cristo Jesus há de vivificar também os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita.

Portanto, irmãos, somos devedores, não à carne para vivermos segundo a carne; porque se viverdes segundo a carne, haveis de morrer; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis. Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus. Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes com temor, mas recebestes o espírito de adoção, pelo qual clamamos: Aba, Pai! O Espírito mesmo testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus (era isso que eu estava sentindo!!!!!!!!!!); e, se filhos, também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo; se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados.

Pois tenho para mim que as aflições deste tempo presente não se podem comparar com a glória que em nós há de ser revelada. (fala Deus!!!!!!!!) Porque a criação aguarda com ardente expectativa a revelação dos filhos de Deus. Porquanto a criação ficou sujeita à vaidade, não por sua vontade, mas por causa daquele que a sujeitou, na esperança de que também a própria criação há de ser liberta do cativeiro da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus. Porque sabemos que toda a criação, conjuntamente, geme e está com dores de parto até agora; e não só ela, mas até nós, que temos as primícias do Espírito, também gememos em nós mesmos, aguardando a nossa adoção, a saber, a redenção do nosso corpo.

Porque na esperança fomos salvos. Ora, a esperança que se vê não é esperança; pois o que alguém vê, como o espera? Mas, se esperamos o que não vemos, com paciência o aguardamos. Do mesmo modo também o Espírito nos ajuda na fraqueza; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o Espírito mesmo intercede por nós com gemidos inexprimíveis. E aquele que esquadrinha os corações sabe qual é a intenção do Espírito: que ele, segundo a vontade de Deus, intercede pelos santos.

E sabemos que todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. (!!!!!!!!!!!) Porque os que dantes conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos; e aos que predestinou, a estes também chamou; e aos que chamou, a estes também justificou; e aos que justificou, a estes também glorificou.

Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como não nos dará também com ele todas as coisas? Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica;

Quem os condenará? Cristo Jesus é quem morreu, ou antes quem ressurgiu dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós; quem nos separará do amor de Cristo? a tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte o dia todo; fomos considerados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais que vencedores, por aquele que nos amou.

Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem anjos, nem principados, nem coisas presentes, nem futuras, nem potestades, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.”


Falar mais o quê?? Foi isso!!! Quer um pouco???

Reações:

2 comentários:

  1. Faz todo o sentido maninho,

    por conta deste....sei lá.. tbém não se explicar, que postei a letra da música do Guilherme Arantes, naquele momento era o que poderia traduzir o que estava vivenciando.
    Depois de ler seu texto, me peguei cantando a musica do Paulo César Baruk

    Louvar-te é bem mais do que eu mereço,
    Adorar-te é mais profundo do que eu pensei,
    Servir-te é tudo o que eu espero
    O que mais quero é estar mais junto a ti.

    Derramar perante Ti os meus anseios
    A minha oferta nesta hora é a verdade,
    E te mostrar os meus pequenos sonhos,
    Ah Senhor, como eu dependo de ti...

    Louvar-te é bem mais do que eu mereço,
    Adorar-te mais profundo do que eu pensei,
    Servir-te é tudo o que eu espero
    O que mais quero é estar mais junto a ti.

    Derramar perante Ti os meus anseios
    A minha oferta nesta hora é esta música pai,
    E te mostrar os meus maiores sonhos,
    Ah Senhor, como eu dependo de ti...

    Para me curar,
    Para me ensinar
    O caminho que devo seguir.
    Podes me usar Senhor,
    Como Tu bem queres...
    Abro o meu coração



    mil abraços

    ResponderExcluir
  2. Que lindo louvor! Não conhecia, vou prucurar na net...

    Beijo!

    ResponderExcluir

Anônimo, eu não sei quem é você, mas o Senhor te conhece muito bem. Sendo assim, pense duas vezes antes de utilizar este espaço LIVRE (poderia bloquear comentários de anônimos mas não o faço por convicção pessoal e direção espiritual) antes de ofender quem quer que seja. Estou aberto para discutimos idéias sem agredir NINGUÉM ok? - Na dúvida, leia mil vezes Romanos 14, até ficar encharcado com a Verdade sobre este assunto...